Cobiçado por Real Madrid e Liverpool, o goleiro Alisson afir­mou nesta terça-feira que tem evitado acompanhar as especula­ções sobre uma possível transfe­rência nesta janela europeia para manter o foco na Copa do Mun­do. Segundo o titular da Roma, seu foco está “100% nos treina­mentos” com a seleção, e as ne­gociações estão exclusivamente a cargo de seu procurador. Ain­da de acordo com Alisson, até o momento não chegou nenhuma proposta oficial para ele deixar o clube italiano.

O assunto foi abordado duas vezes na entrevista concedida pelo goleiro após o treino aberto da seleção, o primeiro realizado em Sochi, na manhã desta terça. “Vocês estão ansiosos, não é?”, brincou, ao ser indagado por uma jornalista italiana. “Eu estou muito focado no meu momento na seleção. Como eu disse desde o início da temporada, eu sempre esperei por este momento e não quero que nada atrapalhe. Estou focado 100% nos meus treina­mentos aqui”, assegurou.

“Meu procurador está cui­dando de todas as questões jun­to à Roma, e o que acontecer vai ser sempre o melhor pzra mim e para o clube, independente de fi­car ou não. Minha concentração está focada aqui, em fazer o me­lhor aqui, e depois a gente resolve o resto”, continuou o goleiro
Alisson afirmou inclusive que tem evitado acompanhar o noticiário sobre uma eventual transferência. “Eu procuro não ler tantas notícias. Acredito que isso ajuda, não ficar vendo tan­tas especulações e trabalhar com aquilo que tem de real. Neste mo­mento não chegou nada oficial, e o meu foco está aqui (na seleção). Tenho contrato com a Roma e es­tou muito feliz no futebol italiano, com a Roma e com o meu mo­mento”, insistiu.

De acordo com o titular da Roma, avaliado em 60 milhões de euros (R$ 262 milhões), as nego­ciações envolvendo transferência de jogadores não atrapalham o ambiente da seleção. O volante Fred, por exemplo, acertou sua transferência do Shakhtar Do­netsk para o Manchester United na semana passada.

“Depende muito do equilí­brio emocional de cada pessoa, de como se lida com as infor­mações. Aqui dentro da seleção estamos falando de jogadores de alto nível, jogadores roda­dos, todos com certa bagagem, que têm experiência nesses as­suntos de transferência”, consi­derou Alisson.

Comentários