O Botafogo lidera o Grupo B com 18 pontos ganhos e já fez 72% de todos os pontos somados no campeonato de 2017, quando terminou a primeira fase em sex­to lugar e em 10º na classificação geral. No ano passado, o time venceu seis partidas, empatou sete e perdeu cinco. Em 2018. O time de Léo Condé conquistou cinco vitórias no primeiro turno, obteve três empates e sofreu ape­nas uma derrota.

O Pantera tem até sexta-feira para inscrever novos jogadores na competição, prazo limite dado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), quando terá iní­cio o returno. Serão mais nove jogos em busca da segunda fase da competição, a do mata-mata, e da busca do acesso para a Série B, no ano do aniversário do clube e depois de se transformar em S.A. “Estamos lutando para que tudo isso aconteça, o que seria um marco em nossa história,” diz o presidente Gérson Engracia.

Mas para chegar lá ainda pre­cisa de reforços, já que três titu­lares foram dispensados por ato de indisciplina após a vitória por 3 a 0 em Erechim-RS, contra o Ypiranga. Sem poder contar mais com Jheimy, Everton Heleno e Garré, o clube está prestes a anun­ciar as contratações de Léo Baia­no, Lúcio Flávio e Marquinhos.

Outro jogador que chega ao clube é o volante Leandro Sali­no, volante de 33 anos que esta­va no Santa Cruz. Ele já atuou pelo Vitória, Olympiacos-GRE e Braga-POR. O jogador estava acertando sua transferência para o Tupi-MG, mas aceitou o con­vite para vir para Ribeirão Preto, onde irá realizar exames médicos e assinar contrato.

A abertura do segundo turno, às 18 horas de sábado contra o Bragantino, no Nabi Abi Chedid, contra o Bragantino, o técnico Léo Condé terá três problemas: o zagueiro Carlos Henrique e o late­ral Marcos Martins irão cumprir punição por terem recebido três cartões amarelos. Tchô, contun­dido no jogo contra o Tombense­-MG, ainda é dúvida. Assim, Léo Condé poderá dar nova chance a Marcelinho e Lucas Mendes.

Condé tem reafirmado que dispõe de um bom elenco, com mais de uma peça de reposição para cada posição e relembra que o time praticamente foi monta­do com o campeonato em an­damento. “Nosso prazo para a montagem da equipe ideal era a oitava rodada, tivemos perdas técnicas importantes, mas esta­mos focados na competição. O importante é garantir pontos em casa e pontuar também como vi­sitantes”, afirmou.