Homicídio em briga que começou dentro de um bar e terminou com a morte de Murilo José Ferreira, 29, na madrugada de domingo (3) na rua Nazaré Paulista, Jardim Aeroporto, zona Norte de Ribeirão Preto.

Ele foi esfaqueado no pescoço, costas e braços. Socorrido com vida pela equipe do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), não resistiu aos graves ferimentos e foi à óbito. Além dele, outro homem, 34, também foi ferido à facadas no pescoço e levado para a Santa Casa. Logo depois, foi transferido para a Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas, na região Central de cidade. Segue internado e seu quadro, embora estável, é considerado grave.

Policiais Militares que atenderam a ocorrência perguntaram quem teria cometido os crimes, mas ele não respondeu devido ao ferimento na região da traqueia.

A suspeita que as agressões foram motivadas por uma briga no bar é a principal pista na investigação da Polícia Civil.

Testemunhas relataram que um confronto entre vários frequentadores provocou a perseguição às vítimas até a avenida João Pessoa, e depois das agressões, os suspeitos fugiram do local.

Ninguém foi identificado.

Tampouco a localização do bar foi informada aos policiais militares.

O corpo de Murilo José Ferreira foi trasladado para o Instituo Médico Legal (IML) para necropsia. O cadáver foi reconhecido por um irmão que não soube esclarecer se a vítima tinha algum “espinho” ou ameaça que resultasse na morte violenta do rapaz. A briga no bar, em suspeitas preliminares, teria realmente motivado os crimes.

Comentários