PALÁCIO RIO BRANCO, sede da prefeitura de Ribeirão Preto - Foto Alfredo Risk

Alteração publicada no Diário Oficial desta quarta-feira, 10 de outubro, teve como uma das motivações o número recorde de candidatos: 24.800

A Prefeitura de Ribeirão Preto alterou a data da realização das provas objetivas dos concursos públicos para a contratação de 112 profissionais de nível médio e superior nas áreas de educação, saúde, engenharia, arquitetura e assistência social. Previstas para serem realizadas no dia 21 de outubro elas foram transferidas para o dia 02 de dezembro em função do número recorde de candidatos, 24.800, dos quais 209 portadores de deficiência.

Com a mudança a Prefeitura pretende terminar em tempo hábil, as perícias médicas dos candidatos portadores de deficiência e garantir o prazo para que eles apresentem recursos, caso algum candidato tenha impugnada  sua inscrição. No edital que alterou a data, a administração municipal explica que caso não fosse feita a mudança poderia haver comprometimento destes prazos.

O edital de convocação para a prova objetiva será publicado nos próximos dias, após a conclusão dos recursos impetrados em face do resultado da perícia médica e, segundo a prefeitura, os candidatos devem acompanhar os respectivos editais de abertura.

Vagas – Serão contratados profissionais de áreas distintas, como técnico em enfermagem, técnico em processamento de dados, arquiteto, assistente social, engenheiro civil, farmacêutico, fisioterapeuta, médico neuropediatra, pediatra, psiquiatra infantil e veterinário. Já na educação, as vagas são para professor do ensino básico (PEB II) com formação de nível médio em magistério e para PEB III, com habilitação de nível superior em ciências físicas, Biológicas, geografia, história, inglês, língua portuguesa ou matemática. Também será realizado concurso para a contratação de 16 agentes comunitários de saúde com escolaridade de ensino médio completo.

Total de vagas

Técnico em enfermagem – 10
Técnico em processamento de dados – 02
Arquiteto – 01
Assistente social – 02
Engenheiro civil – 01
Farmacêutico – 02
Fisioterapeuta – 01
Médico neuropediatra – 02
Pediatra – 12
Psiquiatra infantil – 02
Veterinário – 01
Professor PEB II (nível médio) – 30
Professor PEB III (nível superior com habilitação) – 30
Agente comunitário de saúde – 16

Salário bruto

Técnico em enfermagem – R$ 3.818,54
Técnico em processamento de dados – R$ 3.916,70
Arquiteto – R$ 6.173,59
Engenheiro civil – R$ 6.173,59
Fisioterapeuta – R$ 5.746,73
Assistente social – R$ 5.746,73
Farmacêutico – R$ 5.746,73
Médico pediatra, psiquiatra infantil e neuropediatra – R$ 7.410,61
Médico veterinário – R$ 5.869,57
Professor PEB II – R$ 3.748,87
Professor PEB III (com habilitação) –R$ 4.074,72
Agente comunitário de saúde –R$ 2.970,25