Ouça a íntegra da entrevista:

O delegado Cláudio Sales do setor de homicídios da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), de Ribeirão Preto, em entrevista coletiva na manhã desta terça-feira (15), esclareceu vários pontos da investigação sobre o assassinato da publicitária Fernanda Delarice.

Na coletiva de imprensa, o delegado falou sobre o suicídio de Otávio Rodrigo Dias da Silva no último final de semana, acusado de matar a esposa e incendiar o corpo na área rural de Jardinópolis. Ele também confirmou a veracidade de uma mensagem gravada por Otávio e que foi disparada para alguns amigos momentos antes da sua morte.

A publicitária Fernanda Aparecida Delarice, de 36 anos, que desapareceu de casa, no Parque dos Bandeirantes, em Ribeirão Preto, no dia 30 de março teve a morte confirmada por exame de DNA em seu corpo encontrado carbonizado em um canavial de Jardinópolis. Desde o início, a principal suspeita do assassinato recaiu sobre o marido dela, o empresário Otávio Rodrigo Dias da Silva, da mesma idade. A vítima já havia sido identificada pela família por meio de uma tatuagem no pé. As investigações apontaram que ela morreu esfaqueada dentro de casa. A arma do crime foi encontrada na residência.

O suicídio de Otávio

Otávio Rodrigo Dias da Silva, de 36 anos, foi encontrado morto com um tiro na cabeça, no quarto de um hotel na rua Bartolomeu de Gusmão, na Vila Tibério, Zona Oeste de Ribeirão Preto, na tarde de domingo (13). Ele estava com a prisão decretada, indiciado por feminicídio e ocultação de cadáver e considerado foragido. Era acusado de assassinar a mulher, Fernanda Aparecida Delarice, da mesma idade, no final de março.

Segundo a gerência do hotel, Dias da Silva se hospedou na quarta-feira (9) com documentos falsos em nome de Allan Robson Borges. Ainda segundo o gerente, ele parecia tranquilo. “Tomava café, saía e retornava à tarde. Não conversava muito, mas não se esquivava de perguntas quando lhe eram dirigidas. Pagava a diária de R$ 70 e dizia que aguardava resolver um problema para ir embora”, comentou o gerente.

Uma camareira viu Dias Silva na manhã de sábado (12). Ele não foi mais visto desde então. Na manhã de domingo (13), ao sentir um mal cheiro no quarto, o gerente abriu a porta com a chave reserva e deparou com o suspeito deitado de costas, uma pistola ponto 45 sobre o peito e a cabeça ensanguentada. A chave do hóspede estava na fechadura, e a porta trancada pelo lado de dentro.

A Polícia Militar foi acionada. Em seguida, os peritos do Instituto de Criminalística (IC) foram chamados. A Polícia Civil apreendeu a arma. O corpo foi trasladado para o Instituto Médico Legal (IML) para necropsia.

Mensagem aos amigos e lealdade ao cachorro

Nesta segunda-feira (14), uma mensagem de Otávio Rodrigo Dias da Silva enviada para alguns amigos foi muito comentada em redes sociais e grupos de WhatsApp. Na mensagem, Otávio faz considerações sobre a vida, seu clube do coração – o São Paulo – e sobre seus relacionamentos.

Leia a íntegra da mensagem de Otávio Rodrigo Dias Silva

“Bom vamos começar do começo.

Só quero que vcs não lembre desse monstro que se foi e sim da pessoa que sempre fui.
Não vou ficar aqui fazendo de bonzinho o que eu nunca fui,somente nunca tive reconhecimento, carinho e amor de ninguém, a únicas pessoas que passaram perto disso foi a senhora ANDREIA NEVES DE SOUZA o meu parceiro e irmão CARLOS EDUARDO Vugo Du, Geraldo Batista meu mentor de coisas boas que eu não ouvi nessa vida, talvez se tivesse escutado pelo menos 5 % do que me falava talvez teria sido feliz, e um pouco de amor do meu querido DAVID AUGUSTO DE SOZZA.

Sempre fui uma pessoa difícil e controladora querendo que as pessoas quisessem o que eu queria, agora tenho certeza que estava errado mais não tem mais volta o que tá feito tá feito.

Tive quatro amores descomunais em minha vida ao longo desses 36 anos. 1 Alex 2 Veloz 3 São Paulo fc e 4 e o mais destrutivo o poder.

Isso subiu muito para minha cabeça me fez ser bom e ao mesmo tempo muito ruim.
Vou falar um pouco sobre amores.

ALEX

Vou ser bem sincero não gostava de cachorros principalmente esses de madame,mais um dia jogando bola na quadra do Adauto, vi que ele mexia com venda de pets é meu relacionamento com Andreia não andava tão bem resolvi comprar esse merdinha. Foi amor à primeira vista quando eu vi aquela bolinha de pelo com as orelhas com spraradrapo meu coração não aguentou quiz ele, para dar de desculpas por alguns erros para Andreia.
A vida seguiu eu e Andreia nos separamos ela com dó de deixar eu sozinho e tbm por sua mãe não querer, ficou eu e esse merdinha, num ap de dois quartos, dois solteiros pronto para aprontar kkkkkk.
Esse merdinha era minha vida, ia pra veloz, shopping, academia,passear nas casas das mulheres, até em motel ele nadou em banheira. Por isso um amor tão grande um parceiro que não sei como tá sendo tratado como ele tá de saúde como ele tá sem mim.
Pq eu sem ele eu fui um nada.

VELOZ

Essa empresa começou com a Márcia Marçal, foi a maior empresa de entregas de Ribeirão Preto na sua administração é muito bem vista, mais sempre com argumentos de ser mal pagadora em 2006 comecei a trabalhar lá por meio período na parte da tarde e ao longo de mais ou menos 2 anos assumi a empresa no lugar de Márcia que já não dava mais conta de tocar o negócio.
Fevereiro de 2008 e o começo do meu amor e a minha total dedicação à essa empresa foi minha vida até os dias atuais, acabei com dois casamentos acabei com meu nome e mais nomes de pessoas: Randerson,Andreia,Weslei,Lucas,Aline e por fim o único que não me abandonou e sempre foi meu parceiro David.
A todos vcs eu peço um milhão de desculpas por meus erros administrativos e também não conseguir reaver nossos melhores momentos como o de 2011/2012 quando a VELOZ voltou a ser a melhor empresa de entregas de Ribeirão e região.

SÃO PAULO

Nem preciso falar do meu amor por esse time, fui muito feliz tive varias e varias alegrias e poucas tristezas.
Sou muito grato de poder passado uns dos meus melhores momento da minha vida com meu amigo DU quando fomos campeões da libertadores no Morumbi.
E um momento muito especial tbm quando fomos num jogo Du David Doido e eu foi última vez no morumtri (Morumbi, grifo da redação).
Muito bom esses momentos.

O PODER

O poder, cara não sei explicar depois da empresa entrar nos eixos em 2010 fiz uma redução do estômago e emagreci mais ou menos 90kg.
A empresa começou a ter crédito bancário é muitas coisas começaram a mudar de um trabalhador comum e gordo, comecei na verdade a ser empresários e com a ajuda do Geraldo comecei a ser um pouco bonitinho e minha carteira tbm começou a ser bonita.
Aí sem falso moralismo me perdi totalmente.
Mulheres, bebidas noites de farra sem comprometimento com a Veloz.
Conheci varias pessoas que não somaram nada na minha vida e tbm pessoas que não eram tão certas e comecei a fazer muitas coisas erradas para manter meu padrão de vida.
Errei muitas vezes é tbm cai e levantei,cai novamente e não consegui levantar.
O poder foi diminuindo mais eu sempre querendo ser o maioral meu erro. A bebida entrou de vez em mim eu bebo o dia todo, todos os dias e virei isso que vcs presenciaram.
Peço desculpas as pessoas que decepcionei.

POR FIM

Quero minhas considerações finais, primeiro Raphael Luiz Pinheiro, somente dirigiu o carro até a estrada quem matou e pôs fogo em Fernanda Delarice foi somente eu Otávio Rodrigo dias da Silva.
Que a empresa Vexlog Logística nunca foi minha e sim de David Augusto e Aline Aparecida, eu fui o mentor mais a empresa de fato é deles como todas as motos e o carro que está no nome de Fernanda Delarice por que eu usava o nome de ambos.
Uma moto PSX que comprei e dei para Fernanda Delarice não faço tanta questão por que está no nome da mãe dela.
As coisas de dentro da minha casa, fora os objetos pessoais de Fernanda ela só tinha comprado um fogão e uma churrasqueira, o restante ela nunca comprou nada, seu dinheiro era só dela ela pagava somente CPFL e a água, o restante era somente para salão de beleza, manicure,roupas,sapatos e estética.
Só queria que quem estou mandando este final tome providências sobre isso.
Outra coisa pegar o Alex e deixar com a Karla mulher do Du por favor.
Meu celular que vai esta comigo foi comprado com dinheiro da Veloz então é da Veloz. O dinheiro que tbm está no meu bolso por volta de R$ 300,00 e pro meu velório comprar Budweiser e niguem chorando.

Pessoas de minha total confiança.

Du / Karla
Geraldo
Léo filho da Andreia
David
Diego Faria/Dani
Doido
Paulinho
Andreia
Vitor
Roger
Edmilson pretinho
Raphael
Delegadinho
Mauricinho
Sr Edmilson

Quem eu não lembrei não é importante para mim então não chore por mim.
Só pra terminar Rafaela muito obrigado por vc está dando essa força pro David e desculpa por ter atrapalhado alguma coisa no sonho de vcs casarem.

Obrigado a todos por ter lido até o final.

Otávio Rodrigo dias da Silva.”

 

 

Comentários