O brasileiro Kaká não permanecerá no Orlando City em 2018. Nesta quarta-feira, em entrevista coletiva, o meia anunciou a decisão de não permanecer no clube da Flórida, que disputa a MLS, a principal liga de futebol dos Estados Unidos, após o encerramento do seu contrato em 31 de dezembro de 2017.

“Meu contrato com o Orlando termina em 31 de dezembro. Ao longo dos últimos meses, a gente vem discutindo essa renovação, estive falando com meus principais conselheiros, que são meus familiares, e a minha decisão final é de não renovação com o Orlando”, afirmou.

Aos 35 anos, Kaká não deu maiores detalhes sobre quais serão os próximos passos da sua carreira, mas descartou a possibilidade de se aposentar dos gramados. “É a decisão desse momento, e a única decisão desse momento. Só sei que não serei jogador do Orlando City na próxima temporada”, afirmou.

No Orlando City desde 2015, Kaká acumula 25 gols marcados em 76 jogos, mas nunca conseguiu levar o time aos playoffs da MLS. Na atual temporada, o time está na décima posição na Conferência Leste, a sete do sexto colocado New York Red Bulls, que está ficando com a última vaga na pós-temporada da competição.

Revelado pelo São Paulo, Kaká se transferiu para o Milan em 2003, onde brilhou, conquistando um título italiano, um da Liga dos Campeões da Europa e um do Mundial de Clubes e sendo eleito o melhor jogador do mundo em 2007. Em 2009, ele foi negociado com o Real Madrid em uma transação milionária, mas não chegou a repetir o mesmo brilho pelo time espanhol.

A passagem regular pelo Real o levou a retornar ao Milan em 2013, onde permaneceu até 2014, quando se transferiu para o Orlando City, mesmo ano em que passou por um rápido período de empréstimo pelo São Paulo. Além disso, pela seleção brasileira, participou das edições de 2002, 2006 e 2010. Agora, então, está livre para definir o próximo passo da sua carreira.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui