O presidente do Senado, Eu­nício Oliveira (PMDB-CE), disse nesta terça-feira, 5, que não há mais tempo para a votação da re­forma da Previdência no Senado em 2017. Para Eunício, o tema só deve ser apreciado pelos senado­res no ano que vem.

“Não prometi ao presidente Michel Temer (votar a reforma da Previdência este ano). Não estava nas reuniões de almoço e jantar (no domingo, 3). Eu fui para o Ceará na quinta-feira (30 de novembro) e voltei na segunda-feira (4 de dezembro). O sistema é bicameral, eu não tenho como pensar em pautar antes de ser aprovada na Câ­mara”, afirmou.

“Este ano não tem mais tempo para votar aqui. É uma matéria que precisa ser votada em dois turnos, passar em co­missões. Tem que haver debate. Eu não posso pautar uma ma­téria que ainda está na Câma­ra dos Deputados e não existe aqui”, complementou.

Eunício participou nesta ter­ça de um almoço oferecido por Temer ao presidente da Bolívia, Evo Morales, no Palácio do Ita­maraty. Na ocasião, Temer afir­mou que o presidente do Senado indicou que colocaria a reforma da Previdência em votação no início do ano que vem. “Ele está entusiasmado em votar em feve­reiro a reforma da Previdência, se aprovar agora (na Câmara)”, disse Temer.

Comentários