Brasil | São Paulo | Ribeirão Preto,


 

Gasolina de RP é uma das caras – Tribuna Ribeirão

Tribuna Ribeirão

Menu

Gasolina de RP é uma das caras

O Centro de Pesquisa em Economia Regional da Fundace (Ceper) realizou um estudo de­talhado sobre a evolução dos pre­ços dos combustíveis em cidades paulistas. O boletim apresenta o preço médio em seis municípios e na capital nos últimos quatro meses. O material traz também razão de preços entre etanol e ga­solina, mostrando ao motoristas com qual combustível compensa abastecer em cada localidade.

Após tendência de aumento entre outubro de 2016 e janeiro deste ano, a gasolina apresentou queda nos últimos meses. Ao ana­lisar o preço médio dos últimos quatro meses, o Ceper apontou os municípios de Ribeirão Preto e Presidente Prudente como ci­dades com a gasolina mais cara. Os preços médios, de acordo com dados apurados pela Agência Na­cional do Petróleo nos últimos quatro meses, foram de R$ 3,71 e R$ 3,68, respectivamente.

Especificamente em abril a gasolina mais cara foi encontra­da em Franca, ao preço médio de R$3,67 o litro. A diferença para a cidade de gasolina mais barata em abril, São José dos Campos (R$ 3,33) foi de R$ 0,35. O etanol seguiu a tendência de redução de preços da gasolina e os preços caíram considera­velmente a partir de fevereiro. Em Ribeirão Preto, a redução do preço foi de 18,9% de janeiro a abril. Franca registrou o maior preço em abril: R$2,57.

Entretanto, calculando a mé­dia dos preços dos últimos qua­tro meses, Campinas manteve a liderança do preço alto com uma média de R$ 2,71. Dentre as cida­des analisadas, o preço mais baixo foi Presidente Prudente tanto em abril quanto na média dos últi­mos quatro meses com R$ 2,22 e R$ 2,57, respectivamente. O levantamento do Ceper também analisou a razão de preços entre etanol e gasolina e indica qual combustível é mais vantajoso para o consumidor.

Se o resultado da divisão do preço do etanol pelo da gasolina (razão), for superior a 70%, então o uso gasolina é mais favorável. No caso de São José dos Cam­pos, a gasolina segue sendo mais vantajosa nos quatro meses anali­sados. Já em Ribeirão Preto, Pre­sidente Prudente e em São José do Rio Preto, o etanol foi mais favorável do que a gasolina nos últimos meses.

Comentários

comentários

Categorias: Geral