Rock in Rio 2017: instalações da Cidade do Rock já estão funcionando

0
54
Por Roberta Pennafort

As portas do Rock in Rio vão se abrir ao público às 14 horas de sexta-feira, mas na Cidade do Rock já está tudo pronto para se ouvir a música-tema do festival. A reportagem do jornal “O Estado de S. Paulo” participou na tarde desta terça-feira, 12, de uma visita às novas instalações – as maiores dos 32 anos do Rock in Rio, com 300 mil metros quadrados, oito palcos e capacidade para 700 mil pessoas em sete dias de shows – e encontrou operários dando apenas toques finais à megaestrutura da Barra da Tijuca, zona oeste do Rio.

Brinquedos e serviços de alimentação já estão funcionando, para atender convidados, como patrocinadores e parentes de pessoas da produção.

A abertura dos trabalhos foi feita pelo presidente e vice-presidente do Rock in Rio, Roberto e Roberta Medina. Enquanto o pai, idealizador do festival, falou da importância do evento, simbólica e econômica, para a recuperação do moral da cidade, a filha enumerou as novidades da Cidade do Rock, como o palco para youtubers e as duas áreas de shows intimistas, a Rock street, com temática africana, e o Rock district.

“O que vai marcar essa edição são as novas experiências, que não têm nada a ver com as anteriores. É a maior Cidade do Rock já construída em 32 anos, só a área de público já é maior do que toda a cidade anterior. É uma verdadeira smart city”, disse Roberta.

“Quando abrirem as portas da Cidade do Rock, meu maior compromisso será com a cidade do Rio. O Rio pode dar certo. Estamos com uma sensação de vira-lata muito maior”, afirmou o pai, que, como o prefeito, Marcelo Crivella (PRB), que falou em seguida, culpou a imprensa pelo noticiário negativo sobre o Rio.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui