A Coordenadoria de Limpeza Urbana (CLU) ganha nesta sema­na o reforço de novas equipes que irão fazer parte da força-tarefa de roçada da prefeitura de Ribeirão Preto para atender a cidade a par­tir do mês de março, quando se encerra o período chuvoso.

A partir desta semana, o trabalho da força-tarefa passa a contar com mais uma equipe, com 19 colaboradores, mais dois caminhões, um guincho e dois tratores. Tudo isso para aumen­tar a quantidade de áreas aten­didas e dar mais agilidade para o recolhimento da massa verde, galhos, móveis e outras ações.

Com o aumento das equi­pes, no mês de março, mais de 87 canteiros de avenidas e rota­tórias irão receber as equipes de trabalho, que superam os dois milhões de metros quadrados de área roçada. Avenidas de grande extensão, como a Via Norte, Car­los Eduardo de Gasperi Consoni e Marechal Costa e Silva já rece­beram as equipes.

Para o prefeito Duarte Noguei­ra Júnior (PSDB), o aumento das equipes irá refletir diretamente no alcance de trabalho da CLU. “Ain­da estamos no período chuvoso aqui da nossa região. Por isso a grama cresce mais rapidamente. Assim, estamos aumentando as nossas equipes para atender a uma maior área da cidade e garantir para a população uma Ribeirão mais limpa e com mais qualidade de vida”, afirma Nogueira.

“Estamos aumentando as nos­sas equipes para conseguir roçar e recolher a vegetação de avenidas e praças da cidade. Nosso trabalho se divide em duas etapas: uma agora, na época das chuvas, e ou­tra antes do início da estiagem, em abril. Assim, iremos roçar e limpar todas as áreas novamente para manter a cidade limpa e bonita na estiagem”, explica Alexandre Beta­rello, coordenador da CLU.

Primeiro bimestre – Somen­te nos dois primeiros meses de 2018, as equipes da força-tarefa roçaram e limparam mais de 4,3 milhões de metros quadrados. Foram 2.509.903,642 metros quadrados de áreas de avenidas, canteiros centrais e alças de aces­so, além de 179,062 quilômetros de pintura de guias.

Também teve 64 praças que receberam os serviços da CLU, o que representa 380 mil metros quadrados roçados e limpos nos meses de janeiro e fevereiro. Já as áreas públicas e particulares so­mam 1.345.054,150 metros qua­drados roçados. Teve também o recolhimento de trecos e inserví­veis, que são móveis usados des­cartados irregularmente em áreas públicas, que somam 424 viagens.

Comentários