ALFREDO RISK

Desde esta segunda-feira, 5 de novembro, o motorista que trafega pela avenida Doutor Francisco Junqueira em dire­ção à rotatória Amim Calil está proibido de fazer a conversão à esquerda para acessar a avenida Jerônimo Gonçalves. A Empresa de Trânsito e Transporte Urbano de Ribeirão Preto (Transerp) fez uma alteração que já era espera­da e proibiu definitivamente a manobra arriscada.

Segundo a empresa, a me­dida vai “propiciar melhor fluidez” e garantir “mais segu­rança” ao trânsito. Agora, os motoristas que seguem pela avenida Francisco Junqueira devem acessar a rua Antônio Grelet e depois virar à esquer­da na Alagoas, contornando o batalhão do Corpo de Bom­beiros, para então cruzar a avenida Fábio Barreto – a con­versão direta na ponte que liga a Alagoas à Castro Alves tam­bém é proibida,mas muitos apressados burlam a lei.

Também é possível seguir pela avenida Fábio Barreto e contornar a rotatória Amim Ca­lil. O mesmo caminho pode ser utilizado para acessar os bairros Vila Tibério, Monte Alegre e Su­marezinho. Blocos de concreto e sinalização de solo foram im­plantados no cruzamento da Francisco Junqueira com a Jerô­nimo Gonçalves, para impedir a conversão. Quem segue por essa última via pode continuar virando à esquerda para acessar a Fábio Barreto.

Esgoto
A Transerp também informa que o trânsito está liberado para circulação de veículos na aveni­da Jerônimo Gonçalves para o acesso ao Terminal Rodoviário e o Terminal de Ônibus Doutora Evangelina de Carvalho Passig. As ruas Santos Dummont e São Sebastião também estão libera­das ao tráfego.

Desde esta segunda-feira (5), está sendo executada mais uma etapa da obra para substituição dos interceptores da rede de es­goto, passando pela entrada da rodoviária, trecho sinalizado e com informações sobre os des­vios necessários. Várias linhas de ônibus do transporte coletivo urbano também tiveram seus itinerários alterados na sexta-feira (2). Para saber quais rotas podem ser usadas o trajeto dos coletivos acesse o site oficial da Transerp (www.ribeiraopreto. sp.gov.br/transerp).