30.6 C
Ribeirão Preto
13 de agosto de 2022 | 16:39
Jornal Tribuna Ribeirão
SindTur Notícias

A importância do conhecimento para as empresas

As melhores condições para promover o conhecimento é definir claramente os objetivos estratégicos a serem atingidos. Está ficando cada vez mais claro que gerar melhores resultados passa pelas pessoas. Através delas, e do seu conhecimento, renovam-se processos, criam-se produtos e soluções inovadoras. Muito se fala sobre a gestão do conhecimento e a forma como ela pode ser utilizada para melhorar os processos e resultados de uma empresa, além de tornar sua administração mais eficaz.

No entanto, muitas empresas ainda não sabem de que forma começar a organizar o seu conhecimento de forma estratégica, como aplicar esse conceito na prática e desenvolver, capturar, armazenar, utilizar, disseminar e proteger o conjunto de dados relevantes para o negócio.

Como fazer isso? É o que o SINDTUR pretende colocar, à disposição dos empresários, profissionais altamente competentes, com cursos práticos presenciais ou à distância, palestras e consultorias, para procurar fazer dessa maneira, a gestão do conhecimento e melhorar os processos das empresas, principalmente no que diz respeito a aumento nas vendas e resultados financeiros.

A empresa que sabe a importância das inovações para as suas atividades e, mais que isso, está disposta a acompanhar a dinâmica do mercado, certamente terá esses resultados. Pretendemos com essas iniciativas, com processos ágeis e eficientes melhorar a produtividade e impactar positivamente os negócios. Em um mercado intransigente, como o atual, se diferenciar das demais empresas é a melhor maneira de ganhar notoriedade, respeito e espaço.

Em breve, estaremos levando ao conhecimento das empresas, através dos nossos endereços de comunicação, e inclusive, este, através do jornal Tribuna Ribeirão todas as quintas-feiras, todo um projeto de atividades voltadas à gestão do conhecimento como forma de enfrentarmos um mundo empresarial que dita regras e em um cenário de extrema competitividade. Hoje, não repensar a atuação da empresa e deixar de inovar, certamente pode significar grandes prejuízos, principalmente com o avanço acelerado da tecnologia, e o surgimento de novas tendências e soluções para as mais diversas áreas.

(*)

TST afasta proibição em condomínios de Ribeirão Preto

A Seção Especializada em Dissídios Coletivos (SDC) do Tribunal Superior do Trabalho anulou parte de uma cláusula normativa que vedava aos condomínios de Ribeirão Preto (SP) a possibilidade de substituição de empregados de portaria por centrais de monitoramento de acesso ou portarias virtuais. Para o colegiado, formado por nove ministros, cláusulas dessa natureza afrontam os princípios constitucionais da livre iniciativa e da livre concorrência.

(*)

Prestações do financiamento imobiliário em atraso podem ser pagas com FGTS

De acordo com a nova Resolução, pessoas com até 12 prestações do financiamento imobiliário em atraso poderão usar recursos do FGTS para quitar os débitos. Essa medida, que vale até 31 de dezembro deste ano, não se limita aos financiamentos concedidos com recursos do FGTS e aos mutuários da Caixa Econômica Federal.

Essa Resolução ampliou o prazo de uso do Fundo para quitação de até 3 parcelas atrasadas para 12 parcelas. Essa medida pode colaborar com a redução da inadimplência no crédito imobiliário.

(*)

Turismo nacional cresce 43,5% na comparação anual

Embalado pelos últimos dias de carnaval e pela volta à normalidade em quase todo o País, setor faturou R$ 15,4 bilhões no mês. – alta de 43,5% (R$ 4,8 bilhões, em termos monetários) –, em relação ao mesmo período de 2021. Os dados são do levantamento do Conselho de Turismo da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). Diante deste resultado, ainda que os números permaneçam 7,1% inferiores, quando comparados ao mesmo mês de 2019, o setor se aproxima dos patamares anteriores à pandemia.

O turismo brasileiro cresceu impulsionado, principalmente, pelo setor aéreo, que faturou R$ 4,4 bilhões – aumento de 113,5% em um ano. Quatro fatores contribuíram para o crescimento do transporte aéreo no mês, dentre eles, maior contenção da variante ômicron, demanda reprimida na pandemia, dias de carnaval no início do mês e redução quase total das restrições e do uso de máscaras.

As atividades de locação de meios de transporte, agência de turismo, operadoras e outros serviços apontaram alta anual de 4,5%.

(*)

Reunião realizada na sede do Sindtur discutiu criação do Sindbeleza

Aguinaldo Rodrigues da Silva – Presidente do Sindtur

A reunião foi coordenada por Aguinaldo Rodrigues, presidente do Sindtur e teve como participantes interessados na criação do Sindbeleza, Sindicato dos Institutos de Beleza e Cabeleireiras (os). Na oportunidade, eles discutiram a constituição desta entidade e todas as exigências legais para esta conquista. Dentre os tópicos abordados neste encontro, encontram-se, por exemplo: o crescimento atual da categoria e benefícios sociais e econômicos para esse segmento.

Mais notícias

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com