Acirp vai inaugurar decoração no dia 1º

0
269

Na próxima terça-feira, 1º de dezembro, a Associação Comercial e Industrial de Ri­beirão Preto (Acirp), inaugura oficialmente a temporada do Natal Luz 2020. Com decora­ção temática em vários pontos da cidade, o destaque fica por conta da árvore de seis metros de altura revestida em neon e cordões de LED, instalada na praça XV de Novembro.

Por conta da pandemia, a programação de Natal deste ano precisou ser alterada para atender as exigências do Pla­no São Paulo, que proíbe aglo­merações. Para compensar, a equipe de eventos da Acirp reforçou a decoração e os ar­ranjos estarão dispostos desde o Centro até o distrito de Bon­fim Paulista, transformando o cenário de Ribeirão Preto.

“O Natal Luz de 2020 terá de ser um pouco diferente, mas não iremos deixar perder a ma­gia desta época. A decoração foi reforçada pra garantir um bom ambiente de compras e de confraternização característico das festas de fim de ano”, co­menta Dorival Balbino, presi­dente da ACIRP.

Os adornos estarão dis­postos no Centro (Praça XV, calçadão, Theatro Pedro II, Centro Cultural Palace, praça Carlos Gomes, ruas Barão do Amazonas e São Sebastião), nas avenidas do Café (Vila Ti­bério), Dom Pedro I (Ipiranga), Saudade (Campos Elíseos) e Caramuru (Vila Virgínia), nas fachadas das Distritais da Acirp e em Bonfim Paulista.

Os comerciantes estão otimistas e contam com o pagamento do décimo ter­ceiro salário para aquecer as vendas. Em Ribeirão Preto, a expectativa é que o benefício injete cerca de R$ 728 milhões na economia. A estimativa da Associação Comercial e In­dustrial (Acirp) prevê em tor­no em R$ 409 milhões na pri­meira parcela, que será paga até 30 de novembro.

Prevê também mais R$ 319 milhões na segunda parcela, que será creditada até 20 de de­zembro – já com os descontos. De acordo com projeção da própria CNC, em todo o Brasil o pagamento do décimo ter­ceiro salário aos trabalhadores injetará R$ 208 bilhões na eco­nomia ao fim deste ano.

Se Ribeirão Preto avançar para a fase verde do Plano São Paulo, na segunda-feira, 30 de novembro, ou se a prefeitura conseguir derrubar a liminar que manteve o município na fase amarela, a partir do dia 1º, as lojas do comércio cen­tral e dos corredores comer­ciais dos bairros vão atender em horário especial.

Segundo o Sindicato do Comércio Varejista de Ribei­rão Preto e Região (Sincovarp), de segunda-feira a sábado, as lojas vão atender das nove às 22 horas. Aos domingos – dias 6, 13 e 20 de dezembro – o atendimento vai das dez às 17 horas. Na véspera do Natal, quarta-feira, 24 de dezembro, o varejo ribeirão-pretano aten­derá das nove às 18 horas.

Os detalhes do Natal Luz 2020
Praça XV: 800 estrelas e 150 meteoros envolvidos em LED. Árvore de seis metros de altura revestida em neon e cordões de LED.
Calçadão: cordões de LED e 120 estrelas e meteoros.
Theatro Pedro II: fachada e pilares com cordões de LED e neon. Palmeiras serão decoradas com LED.
Centro Cultural Palace: edifício será iluminado com 350 cordões de LED e decorado com estruturas de ferro revestidas em LED.
Fachadas das Distritais: decoração terá estruturas em formato de presentes revestidas com LED e bolas de natal com o símbolo do aperto de mão.
Arcos nas ruas Barão do Amazonas e São Sebastião: serão 13 arcos revestidos com cordões de pisca-pisca na cor branca e uma guirlanda de 1,20 metro.
Bonfim Paulista: postes serão enfeitados com peças revestidas de manguei­ras luminosas e no chafariz haverá quatro peças iluminadas e uma árvore de cinco metros feita em LED branco estático.
Avenidas Dom Pedro e Saudade: “portal” com arabescos em ferro contorna­dos com mangueiras em neon, 94 peças de arabescos nos postes revestidas com neon e placas decorativas.
Praça Carlos Gomes: estrutura de ferro no formato de “mãos juntas” e na ponta uma estrela com a marca da Acirp. Nos jardins laterais, quatro arran­jos de arabescos e estrelas revestidas com mangueiras em LED.
Avenidas do Café e Caramuru: árvore de quatro metros de altura com luzes de LED e estrelas com mangueira luminosa de LED em cada avenida.

Comentários