Adalberto Baptista: o novo homem forte do futebol do Botafogo

0
631
JF PIMENTA/JORNAL TRIBUNA

Murilo Bernardes

Em maio de 2018 o Botafogo oficializou a criação da Botafogo S/A. Com o negócio, Adalberto Baptista, renomado empresário do ramo farmacêutico e ex-dirigente do São Paulo, se tornou sócio do clube e principal responsável pelo futuro do Pantera.

Baptista, contudo, desde que chegou, sempre frisou que estaria longe das atividades do futebol. Desde então, o “chefão” do futebol do Pantera foi Gustavo Oliveira.

O filho de Sócrates, porém, pouco ficou em Ribeirão Preto e sempre foi questionado na posição. Em dois anos de gestão, Gustavo apareceu para falar em nome do departamento em apenas duas raras oportunidades.

“Eu pessoalmente não vou me envolver nisso, até faltaria tempo. Envolvo-me na questão da arena, pois tenho experiência nisso. Mas a nova estrutura da S/A é que vai cuidar do futebol, o Gustavo [Oliveira] e o Léo Franco estarão com o Luiz Pereira, para ter um time competitivo no Paulista e buscar coisas grandes na Série B do Brasileiro”, afirmou Baptista em entrevista à Rádio CBN em outubro de 2018.

As contratações continuaram sendo feitas pelos botafoguenses Luiz Pereira e Osvaldo Festucci. Léo Franco, executivo de futebol do Tricolor, também auxiliava o departamento. Gustavo Vieira é quem “assinava o cheque”.

Com campanhas desastrosas nos campeonatos paulistas de 2019 e 2020 – nas duas ocasiões o Botafogo brigou contra o rebaixamento – Baptista anunciou que o departamento de futebol sofreria alterações para o segundo semestre de 2020.

Como diretor de futebol do São Paulo, Baptista trouxe Ganso para o Morumbi

Porém, nesta semana, o mandatário da Botafogo S/A renunciou ao próprio discurso e comunicou que vai assumir a posição de homem forte do futebol botafoguense. Com as saídas de Festucci e Luiz Pereira do departamento, Fernando Gelfuso voltou à cena e também vai integrar o novo setor comandado por Baptista.

“Vocês sabem que o Osvaldo pediu para se afastar antes dos jogos finais. Estamos tentando buscar alguém do BFC que tenha mais o conhecimento da história para estar junto do futebol e o escolhido foi o Fernando Gelfuso, que estará mais próximo do futebol. E o Conselho de Administração da S/A, nós decidimos que eu vou estar [no departamento]. Então, nós dois estaremos à frente do departamento de futebol. Vamos apresentar um planejamento ao Conselho de Administração para aprovação. As alterações eram necessárias”, disse.

Looping de reformulações

No período de “gestão S/A” o que pôde ser visto pelo torcedor botafoguense foram muitas decisões equivocadas e constantes reformulações de elenco.

Ao todo, 74 jogadores foram contratados pelo departamento de futebol da BFSA, em quatro competições disputadas – Série C, Série B, Paulistão 2019 e Paulistão 2020 -, o que representa uma média de 18,2 novos atletas adquiridos por campeonato.

Destaque para os quatro goleiros contratos em 2019 – Darley, Tiago Cardoso, João Vitor e Rodrigo Vianna – e também os 12 atacantes trazidos pelo Pantera ao longo do mesmo ano. Aliás, só em 2019, o Botafogo efetuou 38 contratações.

O excesso de reformulações, inclusive, foi apontado por Baptista como o principal erro da gestão de futebol da Botafogo S/A.

“No campo esportivo,a maior dificuldade foram as mudanças de plantel dos campeonatos nacionais para os estaduais. Nas duas ocasiões esse planejamento e mudanças foram feitos de maneira equivocada”, concluiu Baptista.

Diretor de futebol do São Paulo

No Botafogo, Adalberto Baptista vai reviver o trabalho que já realizou no São Paulo, quando foi diretor de futebol da equipe do Morumbi durante a gestão de Juvenal Juvêncio.

No tempo em que esteve à frente do departamento de futebol do Tricolor Pau-lista, Baptista ficou famoso por contratar jogadores de peso. Luis Fabiano, Lúcio e Paulo Henrique Ganso foram alguns dos nomes que chegaram ao Morumbi em sua gestão. O então dirigente tricolor também participou das negociações que levaram Lucas ao PSG. A transação rendeu R$ 108 milhões aos cofres da equipe paulista.

Adalberto Baptista quer dar novos rumos para o futebol do Pantera

Agora, ao lado de Fernando Gelfuso, Adalberto Baptista tem a missão de montar o elenco do Botafogo para a disputa do Campeonato Brasileiro. Ao que tudo indica, os primeiros nomes devem ser anunciados assim que o Pantera terminar sua participação no “Troféu do Interior”.

Comentários