DIVULGAÇÃO/OFÍCIO DA IMAGEM

As expectativas são posi­tivas para a 26ª Feira Interna­cional de Tecnologia Agrícola em Ação (Agrishow 2019). O evento, considerado o maior do setor da América Latina, movimenta o agronegócio bra­sileiro e será realizado entre 29 de abril e 3 de maio deste ano, no Polo Regional de Desen­volvimento Tecnológico dos Agronegócios do Centro-Leste, em Ribeirão Preto, com a parti­cipação de mais de 800 marcas expositoras nacionais e inter­nacionais e cerca de 150 mil vi­sitantes qualificados do Brasil e do exterior, em 440 mil metros quadrados de área.

“É importante que todos, expositores e visitantes, pro­gramem suas visitas para a Agrishow, uma vez que é lá que acontecem os grandes lança­mentos mundiais de máquinas, equipamentos e insumos”, afir­ma Francisco Matturro, presi­dente da Agrishow 2019. “De maneira geral, o ano está muito positivo. Os preços estão bons, as commodities estão com boas demandas, os agricultores estão produzindo muito bem no país como um todo, com algumas exceções regionais”, diz.

“A leitura que temos de fa­zer em relação às expectativas para a Agrishow deve se basear em outros sinais. E, do ponto de vista institucional e político, os sinais são altamente positivos, não só para o agro, mas para a economia como um todo”, complementa. Em 2018, a feira terminou com recorde de fa­turamento, mas com o mesmo número de visitantes do ano anterior. O balanço oficial in­dica que o evento movimentou R$ 2,7 bilhões em cinco dias, R$ 400 milhões acima da pre­visão dos organizadores, de R$ 2,3 bilhões, e R$ 500 milhões a mais que o montante de 2017, de R$ 2,2 bilhões, alta de 23%. Na 24ª edição, o público aumentou 4,6%, de 152 mil pessoas em 2016 para 159 mil no período seguinte, sete mil a mais.

Por ser a feira que movi­menta o agronegócio no Bra­sil, a Agrishow 2019 confirma duas atrações que são consi­deradas pelo público visitante como diferenciais do evento: a Arena do Conhecimento e a Arena de Demonstrações de Campo. Palco de apresentações de novas tecnologias, conheci­mento e tendências, a Arena de Conhecimento terá eventos de conteúdo que irão levar infor­mação relevante para o dia a dia e para os negócios dos pro­fissionais do campo. Já a Arena de Demonstrações de Campo oferecerá aos visitantes a opor­tunidade de ver áreas de plan­tio e tratos culturais de horti­frútis pela Coopercitrus, bem como outras demonstrações de tecnologia. A cooperativa con­vida, todo ano, dez mil associa­dos para participar do evento.

O primeiro lote de ingressos já está à venda e foi criado de­vido ao sucesso da última edi­ção, por isso traz uma série de benefícios como comodidade, segurança, acesso mais rápido ao recinto da feira. Além disso, o valor do tíquete permanece em R$ 40 para quem optar pela compra online, mesmo preço cobrado na 25ª edição. A forma de pagamento também é dife­renciada, podendo ser feita via boleto bancário ou via cartão de crédito – na bilheteria local são aceitos apenas dinheiro e cartão de débito. As vendas deste paco­te estão previstas para terminar em 28 de fevereiro. Depois desta data, o preço sobe e ficará mais próximo ao cobrado na bilhete­ria, que será de R$ 55.

O evento é uma iniciati­va das principais entidades do agronegócio no país: Associa­ção Brasileira do Agronegócio (Abag), Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), As­sociação Nacional para Difusão de Adubos (Anda), Federação da Agricultura e da Pecuária do Estado de São Paulo (Faesp) e Sociedade Rural Brasileira (SRB). É organizado pela In­forma Exhibitions, integrante do Grupo Informa, um dos maiores promotores de feiras, conferências e treinamento do mundo com capital aberto. Para adquirir o ingresso, acesse o link www.agrishow.com.br e siga as informações e instruções para a compra online. A Agrishow acontece em Ribeirão Preto des­de 1994 e até o ano passado era a terceira maior da América Lati­na, mas os organizadores dizem que agora já é considerada é a maior do mundo.

Comentários