A 25ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação (Agrishow 2018), que come­ça nesta segunda-feira, 30 de abril, e vai até sexta-feira, 4 de maio, no Polo Regional de De­senvolvimento Tecnológico dos Agronegócios do Centro-Leste (quilômetro 321 da Rodovia Antônio Duarte Nogueira), em Ribeirão Preto, deve ge­rar cinco mil empregos tem­porários. Muita gente já foi contratada para trabalhar na montagem dos estandes, mas também foram abertas vagas para recepcionista, promotor de eventos, segurança, lim­peza, carregador de produtos, vendedor e outras funções.

No ano passado, o públi­co aumentou 4,6%, de 152 mil pessoas em 2016 para 159 mil, sete mil a mais. Para a 25ª edi­ção são esperados mais de 160 mil visitantes de 70 países. Se cada uma dessas pessoas gas­tar R$ 1 mil somente com hos­pedagem e alimentação du­rante os cinco dias de evento, a economia de Ribeirão Preto receberá uma injeção de recur­sos de aproximadamente R$ 160 milhões – mas nem todos os freqüentadores são de outra cidade ou região.

Não há mais vagas nos cerca de 70 hotéis da cidade – são aproximadamente 14 mil leitos, mas muitos visitantes vêm da região e retornam no mesmo dia, outros ficam hos­pedados em motéis, além da­queles que locam casas, apar­tamentos e chácaras. Boates, bares e restaurantes também faturam alto com a Agrishow. Depois da feira, que fecha às 18 horas, os turistas aprovei­tam para conhecer a agitada noite ribeirão-pretana.

Comentários