IVAN STORTI/SANTOS FC

O Santos voltou aos treinamentos na última quarta-feira (21) focado no duelo contra o Fortale­za, adversário do próximo fim de semana no Cam­peonato Brasileiro. Vindo de duas derrotas, o elenco do Peixe quer fazer valer a força de seu mando de campo na rodada que está por vir para se reencontrar com a vitória e seguir na li­derança do nacional.

“A gente vem de dois re­sultados negativos, foram jogos complicados. Sabemos que o Campeonato Brasilei­ro é assim. Mas agora temos um jogo dentro da nossa casa, com o apoio da nossa torcida. A Vila estará lota­da, com a torcida apoiando a gente. Esperamos recupe­rar estes pontos perdidos”, disse o volante Alison.

O mando de campo tem sido um fator primordial na liderança santista até aqui no Brasileirão. Das 15 par­tidas disputadas até o mo­mento, o Alvinegro Praia­no foi mandante em sete, somando seis vitórias e um empate. Destes sete duelos, somente a vitória por 3 a 0 sobre o Vasco da Gama foi conquistada no Pacaembu, na quarta rodada. Em Urba­no Caldeira os números são ainda melhores em relação à temporada: oito vitórias e um empate.

“O torcedor também sabe que quando eles lo­tam a Vila e nos apoiam a atmosfera fica diferente. A gente gosta muito de jogar na Vila. Esperamos fazer um grande jogo e apro­veitar o apoio dos nossos torcedores”, afirma Alison, que prega respeito ao For­taleza sem deixar de lado a importância da vitória a todo custo.

Santos FC e Fortaleza se enfrentam em 15 oportuni­dades ao longo da história e o Alvinegro Praiano está in­victo no confronto soman­do oito vitórias e sete empa­tes, com 32 gols marcados e nove sofridos.

O último encontro entre as equipes foi no dia 10 de se­tembro de 2006, em partida válida pela 23º rodada. A par­tida, que terminou empatada em 1 a 1, foi realizada no Es­tádio Presidente Vargas, em Fortaleza-CE. O lateral Dênis marcou para os santistas e Ri­naldo para os cearenses.

Comentários