Ângelo festeja estreia histórica pelo Santos: ‘A favela venceu’

0
22
IVAN STORTI/SANTOS FC

Ângelo Gabriel festejou, nesta segunda-feira, nas re­des sociais, o fato de ter se tornado o segundo jogador mais jovem a vestir a camisa do Santos em uma partida oficial. O atleta, de 15 anos, 10 meses e quatro dias, ultra­passou Pelé e só fica atrás de Coutinho, após atuar no se­gundo tempo na derrota, por 3 a 1, diante do Fluminense, domingo, no Maracanã, em duelo válido pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

“Aos 14:06 minutos do segundo tempo, eu realizo o sonho de me tornar joga­dor profissional de futebol. No dia em que o Rei do Fu­tebol foi homenageado e na semana do seu aniversário, eu, um simples garoto sonha­dor e humilde, que só queria brincar com a bola nas vielas e campos do simples bair­ro onde cresci. E que aos 09 anos, veio para o Santos sem saber o que Deus estava pre­parando. Me tornar o segun­do mais jovem a estrear com a camisa do Santos futebol Clube, onde o Rei Pelé fez história, foi realmente uma experiência inexplicável”, es­creveu o atacante, que em um período de apenas quatro dias, fez o seu primeiro trei­no com o elenco principal do Santos, assinou um pré-con­trato com o clube e estreou entre os profissionais.

“Só tenho a agradecer a Deus por tudo que tem feito em minha vida. E graças a minha família e amigos, to­dos os treinadores que pas­saram na minha vida e ao Santos por tudo que vem me proporcionando, mais um sonho foi realizado. Honrarei a camisa do Santos e prometo continuar em busca de mais realizações. Tudo posso na­quele que me fortalece, Deus é maravilhoso a todo tempo. A favela venceu”, completou o jogador.

Comentários