RODRIGO COCA/AG.CORINTHIANS

Após a demissão do técni­co Vagner Mancini, causada pela derrota para o Palmeiras e a eliminação no Campeona­to Paulista neste domingo, o Corinthians definiu que três profissionais vão comandar o elenco na reapresentação desta segunda-feira.

O preparador físico Flávio de Oliveira, o analista de de­sempenho Fernando Lázaro e o observador técnico Mauro da Silva comandarão os trabalhos da equipe no CT Joaquim Grava até que um novo treinador seja contratado. O trio faz parte da comissão técnica fixa do clube e vinha trabalhando com Vagner Mancini e seus auxiliares.

Isso significa uma mudança do planejamento inicial que pre­via a utilização de Danilo, técni­co do sub-23, na condução dos trabalhos. Em início de carreira, Danilo prepara os aspirantes do Corinthians para a estreia no Campeonato Brasileiro da cate­goria, dia 10, contra o Santos.

Tarcísio Pugliesi, do sub- 20, também chegou a ser cogi­tado, mas está no clube há pou­co tempo, desde duas semanas atrás. Com isso, a diretoria de­cidiu que os profissionais das categorias de base não serão promovidos neste momento.

O Corinthians ainda não sabe quem estará no banco de reservas da equipe no próximo jogo, quinta-feira, contra o Sport Huancayo, do Peru, pela Copa Sul-Americana. O time já não tem mais chances de classifica­ção no torneio.

A diretoria ainda não iniciou as negociações com o substituto de Mancini. Alguns nomes su­geridos por conselheiros mais próximos do presidente Duílio Monteiro Alves foram os de Re­nato Gaúcho, Mano Menezes, Fábio Carille e Dorival Junior. O novo contratado terá o desafio de alinhar seu trabalho às neces­sidades de redução de gastos im­postas pelo clube. A prioridade é diminuir as dívidas.