ERICO LEONAN/SAOPAULOFC

Um dia após o anúncio do São Paulo sobre sua rescisão contratual, o lateral-direito Da­niel Alves se despediu do clube paulista. Apesar da saída tu­multuada, o jogador agradeceu pela oportunidade de realizar seu “sonho de criança”. Daniel Alves sempre afirmou se torce­dor do time do Morumbi.

“Venho aqui simplesmente dizer muito obrigado a todos, sem exceção nenhuma, por terem feito os seus melhores sempre e por terem me aco­lhido tão bem. Obrigado por me permitir realizar o meu sonho de criança. Obrigado”, afirmou o atleta, nesta sexta­-feira, em suas redes sociais.

Na noite de quinta, a direto­ria do clube revelou a rescisão do contrato, que terminaria em dezembro de 2022. Daniel Alves chegou ao São Paulo em setem­bro de 2019 com um salário de R$ 1,5 milhão divididos entre direitos de imagem, direitos trabalhistas regidos pela Con­solidação das Leis Trabalhistas (CLT), luvas e bônus.

O clube buscou um parceiro para poder bancar o alto rendi­mento do jogador, mas não con­seguiu, gerando uma dívida que acabou levando ao fim do vín­culo entre as duas partes. Após defender a seleção brasileira na última Data Fifa, o jogador avi­sou ao São Paulo que só voltaria a jogar pelo time quando a dívi­da começasse a ser quitada.

A diretoria, então, anun­ciou que o jogador não atua­ria mais pelo time. A saída foi oficializada na noite de quin­ta. Como só atuou em apenas seis partidas no Campeona­to Brasileiro, o atleta poderá atuar por outro clube ainda na competição e o Flamengo é uma das possibilidades.