Atacante do Botafogo nos anos 60, Silva “Batuta” morre aos 80 anos

0
89
Silva "Batuta" morre aos 80 anos (Foto: Divulgação)

Faleceu na noite desta terça-feira (29) o ex-atacante Silva “Batuta”, aos 80 anos. Natural de Ribeirão Preto, “Batuta” vestiu as cores do Botafogo entre os anos de 1959 e 1960. Com muitos gols marcados, o atacante teve uma passagem marcante pelo Pantera.

O antigo “ponta de lança” estava internado do Hospital Pró-Cardíaco em Botafogo, Zona Sul do Rio de Janeiro. Segundo informação do jornalista Pedro Ivo Almeida, Silva estava com Covid-19, mas a causa da morte ainda não foi revelada.

Além de passar pelo Tricolor, Silva vestiu camisas pesadas do futebol brasileiro. É ídolo do Flamengo e também atuou por clubes como Corinthians, Vasco, Racing, São Paulo, Santos, Junior Barranquilla e Barcelona.

Atacante técnico, oportunista e inteligente, Walter Machado da Silva era paulista de Ribeirão Preto. Iniciou sua trajetória no São Paulo na segunda metade dos anos 1950. Após passagens por Batatais e Botafogo-SP, chegou ao Corinthians em 1961 para se tornar uma referência no ataque e um dos principais nomes do futebol do estado.

Depois de quatro anos de muitos gols pelo Timão, foi contratado pelo Flamengo, clube que tornaria sua paixão. Como jogador rubro-negro, foi convocado para a Copa de 1966, formando o ataque com Pelé e Jairzinho na derrota por 3 a 1 para Portugal. Ao todo, fez 6 jogos e anotou 2 gols pela Seleção.

Comentários