GUILHERME SIRCILI

A prefeitura de Ribeirão Preto vai aumentar o número de beneficiários do Progra­ma Acolhe Ribeirão, o auxílio emergencial de R$ 600. Na manhã desta quinta-feira, 8 de julho, em evento virtual trans­mitido do Palácio Rio Branco, o prefeito Duarte Noguei­ra (PSDB) anunciou que vai prorrogar o prazo para inscri­ção no Cadastro Emergencial da Secretaria Municipal de As­sistência Social (Cacem).

As inscrições de acor­do com o novo prazo serão abertas em 19 de julho no site da prefeitura de Ribeirão Preto (www.ribeiraopreto.sp.gov.br). Mais 2.116 pesso­as que tiveram o pedido ne­gado anteriormente devem ser beneficiadas. Atualmen­te, o Acolhe Ribeirão atende 11.219 famílias em situação de vulnerabilidade, 56,1% das 20 mil inicialmente previstas pela administração.

A prefeitura de Ribeirão Preto começou a pagar o auxí­lio emergencial de R$ 600 na terça-feira (6). No total, serão três parcelas de R$ 200 cada – as outras duas serão liberadas em agosto e setembro. O Programa Acolhe Ribeirão previa investi­mento inicial de R$ 12 milhões, R$ 4 milhões por mês, para al­cançar as 20 mil famílias, mas apenas 11.219 famílias atende­ram aos critérios de seleção.

Com a inclusão de mais 2.116 pessoas, a prefeitura pretende atender 13.335 fa­mílias, 66,7% do total previs­to inicialmente. O montante para bancar o programa até se­tembro saltará de R$ 6.731.400 para R$ 8.001.000. Porém, em julho, apenas os 11.219 bene­ficiários que já tiveram os ca­dastros aprovados em junho receberão o auxílio.

Essas 2.116 pessoas benefi­ciadas com a extensão do prazo de inscrição ao Cacem da Secre­taria da Assistência Social serão incluídas a partir de agosto, caso sejam habilitadas. A prefeitura de Ribeirão Preto ainda não definiu se essas famílias rece­berão as duas parcelas no mês que vem ou se o pagamento dos R$ 600 para este grupo será concluído em outubro.

Ou seja, em julho o desem­bolso será de R$ 2.243.800 para 11.219 beneficiários e, a partir de agosto, de R$ 2.667.000 para 13.335 famí­lias. Duarte Nogueira decidiu acatar a proposta do presiden­te da Câmara de Vereadores, Alessandro Maraca (MDB). O Acolhe Ribeirão foi criado pela lei número 14.559/2021, sancionada pelo prefeito Du­arte Nogueira e publicada no Diário Oficial do Município (DOM) de 21 de maio.

Para incluir mais pessoas no programa, a Câmara apro­vou, no final de junho, projeto de Maraca que amplia o prazo limite definido pelo programa para a inscrição dos prováveis beneficiários do Cacem até 30 de abril. Pela proposta aprova­da será considerado apto para concorrer ao auxílio emergen­cial quem estivesse cadastrado no Cacem entre 23 de março de 2020 e 30 de junho de 2021.

Até ontem, a data prevista na lei previa prazo final até 30 de abril. Maraca não sugeriu a am­pliação do prazo de inscrição ao CadÚnico porque os dados es­tão mais atualizados. Ou seja, o município não tem como saber quem se inscreveu depois de 28 de fevereiro. A Câmara de Ve­readores destinou R$ 6 milhões para o programa. O presidente do Legislativo diz ainda que vai antecipar a devolução de mais recursos se o auxílio for prorro­gado, caso a pandemia persista para além de setembro.

Para verificar se foi contem­plado o interessado deve consul­tar o endereço eletrônico www.ribeiraopreto.sp.gov.br/acolheri­beirao/consulta. Na terça-feira, receberam o benefício as pes­soas habilitadas que fazem ani­versário em janeiro. Nesta quar­ta-feira, dia 7, foi a vez de quem aniversaria em fevereiro. Quem nasceu em marco recebeu on­tem. Na segunda-feira (12) será a vez de quem nasceu em abril e assim sucessivamente até com­pletar os doze meses do ano.

A segunda parcela será paga em agosto e a terceira em setem­bro. O pagamento está sendo o feito pelo aplicativo Caixa Tem, da Caixa Econômica Federal, mas quem não tiver o app pode­rá receber nas agências do ban­do estatal ou nas casas lotéricas de Ribeirão Preto.

Cronograma de pagamento
O pagamento acontecerá nos dias úteis da semana conforme o mês de nascimento do benefi­ciário. A primeira parcela será feita em julho. Caso o dia do pagamento nos meses de agosto e setembro ocorra no final de semana ou feriado, o pagamento acontecerá no primeiro dia útil subsequente.

Calendário
Dia 06/07 – mês de janeiro
Dia 07/07 – mês de fevereiro
Dia 08/07 – mês de março
Dia 12/07 – mês de abril
Dia 13/07 – mês de maio
Dia 14/07 – mês de junho
Dia 15/07 – mês de julho
Dia 16/07 – mês de agosto
Dia 19/07 – mês de setembro
Dia 20/07 – mês de outubro
Dia 21/07 – mês de novembro
Dia 22/07 – mês de dezembro