O ex-presidente, e atual dire­tor, Rangel Scandiuzzi, disse que o Comercial trabalha com um planejamento bem definido para disputar a Segunda Divisão do Futebol Paulista, em 2018, sem dar margem à promessas que não possam ser cumpridas

“Vamos trabalhar dentro daquilo que temos. Sem fazer loucuras. Se você tem cinquenta mil para pagamento de salários, vamos gastar os cinquenta. Não tem porque contratar para pagar mais, criar passivos. Já deixamos de acertar com alguns atletas por­que não vamos dar o passo maior que as pernas”, afirmou Scandiu­zzi ao portal Wsports.

Em dois meses, desde a elei­ção Ademir Chiari, algumas evoluções já podem ser sentidas, segundo o dirigente, mas que o grande entrave continua sendo a captação de recursos. “O mais difícil é a questão financeira, por­que você tem ideia e vontade de fazer muita coisa, mas, as vezes, isso não anda por conta da falta de dinheiro.”, disse.

Para o ex-presidente, o traba­lho em equipe e o esforço mútuo é o segredo da atual gestão para alavancar o clube e buscar o aces­so à série A-3. “Toda a diretoria tem se dedicado ao Comercial. A próxima competição começa apenas em abril, mas já avança­mos bastante” completou.

“O acesso não é certo, o fu­tebol infelizmente não é uma ci­ência exata, mas a gente tem tra­balhado para conseguir o acesso e eu acho que a gente tem feito tudo com muito critério para tentar não errar e por conta disso estamos muito esperançosos em fazer uma boa campanha”, finali­zou Scandiuzzi.

Comentários