ANDREA GOLDSCHMIDT

A viagem virtual pelas fes­tas da cultura popular brasileira continua neste mês de junho. O projeto “Brasil Vivo! Festas, Tra­dições e Cultura Popular”, pro­movido pelo Sesc Ribeirão Pre­to, apresenta nesta quinta-feira, 10 de junho, às 19h30, no canal do YouTube (https://www.you­tube.com/watch?v=PgMfCai­f1mk), uma live com bate-papo ao vivo sobre o Festival Folcló­rico de Parintins, que acontece anualmente no meio da Floresta Amazônica.

O encontro terá participação dos presidentes do Boi Capri­choso Jender Lobato e do Boi Garantido Antônio Andrade Barbosa. “Brasil Vivo! Festas, Tradições e Cultura Popular”, promovido pelo Sesc Ribeirão Preto com curadoria da fotógra­fa paulista e produtora audiovi­sual Andrea Goldschmidt, tem como objetivo estimular os par­ticipantes a fazer uma viagem virtual e encontrar um novo universo de referências culturais de um Brasil plural.

A mediação é da produto­ra cultural Vandreza Freiria. O Festival Folclórico de Parintins, reconhecido como Patrimônio Cultural do Brasil pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artís­tico Nacional (Iphan), acontece anualmente em junho, no meio da Floresta Amazônica, na ilha de Parintins, que fica a cerca de 400 quilômetros de Manaus, no Estado do Amazonas.

A cidade, que recebe mais de 50 mil turistas neste período, se divide em duas cores (azul e ver­melho) para contar a história do casal de escravos, Pai Francisco e Mãe Catirina, que está grávida e com desejo de comer língua de boi. Para atender a sua vontade, o marido mata o boi mais bonito de seu senhor. Percebendo que seu boi preferido está morto, o dono da fazenda convoca curan­deiros e pajés para ressuscitá-lo. Quando o boi volta à vida, toda a comunidade celebra.

No Bumbódromo, os bois Caprichoso (preto com a estrela azul) e Garantido (branco com coração vermelho) se “enfren­tam” com apresentações durante três noites, numa sequência de músicas, coreografias e cenários distintos. Andrea Goldschmidt já registrou 38 festas populares e manifestações culturais e religio­sas, em 13 estados diferentes.

Para fotografar a festividade tradicional, a artista fez uma ani­mada viagem de barco pelo rio Amazonas, de Manaus a Parin­tins, com duração de quase 23 horas na ida e 27 horas na volta. Junto a 400 pessoas que, em suas redes, cantaram e dançaram as melodias dos bois contrários, numa espécie de aquecimento para o festival.

No encontro virtual, os in­ternautas podem interagir man­dando perguntas, além de ver o ensaio fotográfico de Andrea e ficar por dentro dos bastidores da organização desta grande festa po­pular brasileira. “Brasil Vivo! Fes­tas, Tradições e Cultura Popular” acontece até o dia 8 de julho, toda quinta-feira, às 19h30, pelo canal do YouTube do Sesc Ribeirão.

A viagem virtual pelas fes­tas populares ainda passará pelas seguintes regiões do país: Maracatu de Baque Solto de Nazaré da Mata – Pernambuco (17 de junho), Cavalhadas de Pirenópolis – Goiás (24 de ju­nho), Semana Farroupilha de Porto Alegre – Rio Grande do Sul (1º de julho/07) e Procissão das Almas de Mariana – Minas Gerais (8 de julho).