Bolsonaro recebe dirigentes de 8 clubes em defesa de mudanças nos acordos com TVs

0
30
MARCOS CORRÊA/PR

O presidente Jair Bolsonaro recebeu, nesta terça-feira, diri­gentes de oito clubes da Série A do Campeonato Brasilei­ro para uma reunião seguida de um almoço no Palácio do Planalto. Os representantes de Athletico Paranaense, Bahia, Ceará, Coritiba, Fortaleza, In­ternacional, Palmeiras e Santos apoiaram a Medida Provisó­ria nº 984/2020, que, dentre outros pontos, altera a forma de negociação dos times com as emissoras de TV sobre os direitos de transmissão das partidas, colocando os direitos dos jogos nas mãos das equi­pes mandantes.

No encontro, os dirigentes pediram o apoio de Bolsona­ro ao projeto de Lei 3.832, que altera a Lei da TV Paga para que empresas de teleco­municações possam atuar na produção de conteúdo espor­tivo. O presidente da Repú­blica disse que vai acompa­nhar a tramitação, mas não se comprometeu com o tema.

Os oito clubes tem interes­se especial nas duas medidas. Eles venderam os direitos de transmissão dos seus jogos no Campeonato Brasileiro em TV fechada para a Turner, empresa do conglomerado AT&T, que realizou as exibi­ções em 2019. A emissora e os times passam por imbró­glio que pode terminar com o rompimento do contrato.

Os clubes afirmam que a rescisão do contrato ocor­reria em um momento fi­nanceiro difícil por causa da pandemia do coronavírus, que paralisou o calendário do futebol – só o Campeonato Carioca foi retomado.

Os dirigentes destacam que o rompimento favoreceria a Rede Globo, que transmite os principais campeonatos no País e com quem eles precisa­riam negociar novamente. Os dirigentes vão encontrar nesta terça-feira com os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre.

Os oito clubes foram re­presentados pelos seguintes dirigentes: Robinson Passos de Castro e Silva (Ceará), Marcelo Paz (Fortaleza), Eduardo Bas­tos De Barros e Samir Namur (Coritiba), Aguinaldo Coelho de Farias (Athletico), Maurício Galiotte e André Sica (Palmei­ras), Guilherme Bellintani (Bahia), Matheus Del Corso Rodrigues (Santos) e Marcelo Medeiros (Inter).