Bota joga bem, perde muitas chances, mas vence o Avaí com gol de Elicarlos

0
175

O Botafogo bateu o Avaí com o placar de 1 a 0 na noite desta terça-feira (18). O gol do triunfo disputado no estádio da Ressacada foi marcado pelo volante Elicarlos. Com o resultado, o Pantera subiu na tabela e fica momentaneamente na 4ª colocação. O próximo confronto é no sábado, às 16h30, diante do Figueirense, no estádio Santa Cruz.

Com um primeiro tempo digno de um time que quer brigar para subir, o Pantera dominou completamente o Avaí e criou inúmeras chances de gol. O ímpeto do Tricolor gerou ao menos 7 oportunidades claras de abrir o placar. Nenhuma delas foi aproveitada.

Apesar dos vários erros no setor ofensivo, o jogadores do Tricolor mantiveram o foco e, na segunda etapa, conseguiram criar novas oportunidades e trazer uma boa vitória para Ribeirão Preto.

O Jogo

A primeira etapa do jogo foi um atropelo do Botafogo. Com muito ímpeto e velocidade, o Pantera surpreendeu os donos da casa e comandou ações do confronto. Entretanto, abusando dos gols perdidos, o Tricolor desperdiçou ao menos sete chances claras.

Aos 2 minutos, Rafinha recebeu de Ferreira e achou ótimo passe para Jeferson na ponta direita. O lateral cruzou na área e Luketa, livre, na pequena área, pegou na bola e perdeu um gol claro.

Na sequência, aos 4 minutos, Sallinas recuou mal, Wellington Tanque foi mais esperto, roubou a bola e saiu na cara de Lucas Frigeri. O camisa do Pantera bateu forte e a bola explodiu na trave.

O Botafogo seguiu encurralando o Avaí e quase fez novamente aos 25 minutos. Rafinha emendou linda bicicleta da entrada da área e a bola caprichosamente bateu na trave.

Pouco depois, aos 28 minutos, Jeferson bateu falta pelo lado direito, Wellington Tanque desviou de cabeça e a bola passou perto.

Aos 31 minutos, o Tricolor perdeu outra chance clara. Após confusão na área, Rafinha chutou travado e a bola sobrou para Luketa, novamente na pequena área, bater fraco e ver Lucas Frigeri salvar de novo.

Na sequência, após bola cruzada na área, Jordan ajeitou de cabeça para Tanque, que dominou e bateu colocado para outra boa defesa do goleiro do Avaí.

Aos 39 minutos Arnaldo foi expulso após falta dura em Luketa e aos 42 o Botafogo mandou a terceira na trave. Rafinha bateu falta da entrada da área, a bola desviou levemente na barreira e acertou no poste do gol do time catarinense.

A segunda etapa começou mais equilibrada e o Avaí tentando respirar. O Botafogo diminuiu o ímpeto, mas levou perigo no primeiro minuto em chute forte de Val que passou tirando tinta da trave.

A vontade do Botafogo na partida foi premiada aos 19 minutos. Após boa jogada de Luketa pela ponta esquerda, a bola sobrou para Elicarlos, da entrada da área, soltar um foguete, sem chances para o goleiro Lucas Frigeri.

O Avaí tentou acelerar o jogo, mas esbarrou no bem postado sistema defensivo do Pantera. Apesar do esforço do time catarinense, quem quase marcou de novo foi o Botafogo.

Jeferson bateu lateral rápido e achou Wellington Tanque dentro da área. O camisa 9 matou no peito, girou e bateu forte. Bem posicionado, Lucas Frigeri salvou mais uma vez o Avaí.

Geninho até tentou mudar a equipe e fez algumas alterações, mas nada foi suficiente para tirar a boa vitória do Botafogo fora de casa.

FICHA TÉCNICA

AVAÍ x BOTAFOGO
LOCAL: Estádio da Ressacada, em Florianópolis
DATA: 18 de agosto, terça-feira
HORÁRIO: 19h15 (de Brasília)
ÁRBITRO:  Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro
ASSISTENTES: Luís Carlos de França Costa e George Italo Nogueira
GOLS: Elicarlos, aos 19 minutos do segundo tempo (Botafogo)
CARTÃO VERMELHO: Arnaldo (Avaí)
CARTÕES AMARELOS: Elicarlos, Darley (Botafogo); Bruno Silva e Yuri (Avai)
AVAÍ: Lucas Frigeri; Arnaldo, Rafael Pereira, Victor Sallinas e Capa; Ralf (Wesley), Bruno Silva e Valdivia (Pedro Castro); Renato (Jonathan), Kelvin (Yuri) e Gastón Rodriguez (Tucão) . Treinador: Geninho
BOTAFOGO: Darley; Val, Robson, Jordan e Guilherme Romão; Ferreira (Edson Júnior), Elicarlos (Jonata Machado) e Jeferson; Luketa (Calabres), Wellington Tanque e Rafinha (Murilo Oliveira). Treinador: Claudinei Oliveira

Comentários