Bota vira pela primeira vez na Série B, bate o Sampaio e segue vivo na luta contra o rebaixamento

0
374
Michel Douglas marcou seu primeiro gol com a camisa do Botafogo (Foto: José Bazzo/Agência Botafogo)

O Botafogo segue vivo na Série B. O Tricolor venceu o Sampaio Corrêa, de virada, com o placar de 2 a 1 na noite desta terça-feira (12), em partida disputada no Estádio Santa Cruz. Michel Douglas e Ronald marcaram para o Pantera. Jackson fez para a Bolívia Querida.

Com o resultado, o Botafogo segue na 19ª colocação, mas agora com 33 pontos ganhos. A diferença para o Vitória, que é o primeiro time fora da zona de rebaixamento, cai momentaneamente para 4 pontos. O time baiano ainda enfrenta o Avaí nesta rodada. O próximo duelo do Tricolor é na sexta-feira (15), diante do América-MG, no estádio independência.

A vitória diante do Sampaio deixa o Botafogo mais vivo do que nunca na competição. O ano de 2021 enche o torcedor botafoguense de esperança. Até aqui, são três jogos disputados e duas vitórias e um empate.

Além disso, o Tricolor fez diante da Chape três gols no mesmo jogo pela primeira vez no campeonato. Diante do Sampaio veio a primeira virada. Números que dão moral para o Botafogo seguir sonhando nas próximas quatro decisões que tem na Série B.

O Jogo

A primeira etapa da partida foi equilibrada, mas com o Sampaio controlando as principais ações. Com seu plano de jogo mais bem aplicado, o time comandado por Léo Condé começou a mostrar suas garras logo no começo do confronto.

Logo aos 6 minutos, após confusão na área, a bola sobrou para Léo Costa, que chegou soltando um foguete, de primeira, levando muito perigo ao gol defendido por Igor Bohn.

A Bolívia Querida assustou novamente aos 12 minutos. Roney soltou uma pancada e Igor Bohn, bem postado, fez excelente defesa. Na sequência, aos 17, foi a vez de André Luis arriscar de fora da área e ver novamente o arqueiro botafoguense fazer outra boa intervenção.

O bombardeio de fora da área seguiu e a Bolívia teve outra oportunidade aos 22 minutos. André Luis desarmou Luketa e serviu Jackson, que emendou uma bomba e exigiu outra grande defesa de Igor.

A pressão do Sampaio pelo gol surtiu efeito. Aos 34 minutos, Marcinho fez linda jogada, mas foi derrubado por Wallison Maia e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Jackson bateu bem e abriu o placar no Santa Cruz.

O Botafogo até tentou sair depois do gol, mas não conseguiu criar chances efetivas e saiu da primeira parte do jogo zerado. Aliás, o zero não foi só no placar, o Pantera não conseguiu nenhuma vez no gol defendido por Gustavo.

O Botafogo voltou mais ligado para o segundo tempo e empatou logo aos 6 minutos. Após boa jogada de Raniele pela direita, Michel Douglas foi puxado pelo defensor do Sampaio e o juiz marcou pênalti. O próprio Michel Douglas bateu e deixou tudo igual.

A virada do Botafogo não demorou muito. Aos 13 minutos, Val achou lindo passe para Ronald, no costado da zaga. O atacante tricolor invadiu a área e bateu cruzado, sem chances para Gustavo.

Na frente do placar, o Botafogo passou a controlar as ações e seguiu levando perigo. Aos 27 minutos, Ronald recebeu novamente nas costas da defesa, saiu cara a cara com Gustavo, mas bateu em cima do goleiro e perdeu ótima oportunidade de ampliar.

Tentando manter o placar, Moacir fez três alterações. Ortega e Judivan entraram nas vagas de Luketa e Michel Douglas. Jordan entrou no lugar de Wallison Maia, que saiu lesionado.

O Sampaio Corrêa até tentou fazer pressão, mas não conseguiu criar nenhuma chance clara para buscar o empate. O Botafogo, inclusive, deve a chance de marcar o terceiro nos minutos finais, mas Cássio Ortega perdeu uma boa chance. Entretanto, a frente do placar, o Botafogo emplacou mais uma vitória.

Comentários