RAUL RAMOS

O presidente do Botafogo, Gerson Engracia, disse nesta segunda-feira (11), que os re­sultados positivos não estão surgindo não por falta de sor­te, mas por incompetência do elenco, que não tem aproveitado as oportunidades criadas. Ele ci­tou o jogo contra o Guarani, domingo à noite, em Campinas, quando o atacante Bruno Mo­raes desperdiçou um pênalti aos 21 minutos do primeiro tempo. “Se você não marca, perde as chances, a bola pune,” disse ao Programa 22 em campo.

Gersinho foi enfático ao afirmar que o Botafogo teve quatro pênaltis a seu favor no campeonato, mas conseguiu assinalar apenas dois. “Se você está cara a cara com o goleiro e chuta na lua, é falta de sorte ou incompetência”? Incompe­tência, é claro, afirma. “Se tem uma chance de marcar na co­brança de pênalti e não faz, é falta de sorte ou incompetên­cia”? indaga o dirigente, para concluir: “Incompetência.”

Para o presidente do Bo­tafogo, o que deixa todos em alerta é que o time não está cor­respondendo em campo, ape­sar de ter jogado bem contra o Novorizontino, quando foi derrotado por 1 a 0, e na parti­da de domingo, em Campinas, na derrota por 2 a 0. “Contra esses dois times poderíamos ter conquistado três pontos em cada jogo, mas não tivemos competência,” afirma.

Ele disse que o treinador Léo conde não pode ser res­ponsabilizado por falhas in­dividuais dos atletas. “É difícil achar que é culpa do técnico quando o time perde pênaltis, perde a bola e dá oportunida­de do adversário marcar o gol, chuta para fora quando está li­vre para marcar,” conclui.

O Botafogo é o 14º coloca­do no Campeonato Paulista, à frente apenas do São Bento e São Caetano, ambos na zona de rebaixamento. Dos seis jogos disputados, o time sofreu quatro derrotas. Empatou com o São Bento em casa, em 1 a 1, e ven­ceu o São Caetano por 3 a 0.
Às 17 horas de hoje, os jo­gadores que não enfrentaram o Guarani irão realizar um jogo-treino contra o Uberlândia-MG, com portões abertos.

O próximo adversário do Pantera será o Red Bull, que 11 pontos no campeonato. Jogo será na sexta-feira, às 20 horas, em Campinas.

Comentários