A temporada de inver­no em Bariloche foi um dos melhores dos últimos anos e o verão foi apresentado com grande otimismo para a in­dústria nesta temporada. O inverno foi novamente dos “brasiloches”, uma referência aos brasileiros que visitaram a região e desfrutam de ati­vidades, chocolate, cerveja artesanal e muita neve.

Os números de julho in­dicam que foi o quarto ano consecutivo de crescimento sustentado para a indústria do turismo. A ocupação ho­teleira de Bariloche teve uma média de 83% com picos de 95% em mais de 30.000 lu­gares qualificados. Este ano, a cidade alcançou 1.130.000 de estadias de noite em julho, comparado aos dados em 2018 que somam 971,583. Já no mesmo período tivemos cerca de 213.500 mil turistas, 20% a mais comparado aos 177.772 mil que visitaram a cidade em 2018.

Este ano, em julho, em termos de voos, houve um aumento no movimento dos passageiros de 56% com o número recorde e histórico em um dia chegando a alcan­çar 41 voos. Já o número de turistas do Brasil em relação ao ano de 2018 teve um au­mento de 42%, atingindo cer­ca de 60.000 passageiros.

O secretário de Turismo da cidade de Bariloche, Gas­tón Burlon, afirmou que a temporada foi bem-sucedida em vários aspectos. “O nú­mero de chegadas, o registro de voo e o número de cidades que os voos foram conecta­dos foi muito positivo. Este ano tivemos mais cidades na Argentina e no Brasil com voos diretos para Bariloche”, afirma Gastón.

Temporada de Verão
A expectativa é que a tem­porada de verão também seja bem-sucedida. A desvalori­zação da moeda Argentina e as condições econômicas no Brasil posicionam Bariloche como uma das grandes op­ções para o verão e o outono.

Os passageiros no Brasil poderão agendar suas via­gens para desfrutar dos pro­dutos e eventos que a cidade prepara para os próximos meses. “Natal em Bariloche, verão e aventura e chocola­te na Páscoa são os princi­pais produtos que queremos mostrar ao mercado brasi­leiro na ABAV e com outras ações especiais que estamos programando, em parce­ria com companhias aéreas, operadoras e com todos os comércios”, explica o Diretor Executivo da EMPROTUR – Bariloche, Diego Piquín.

O verão em Bariloche é sinônimo de muita diver­são em ambientes naturais, excelente gastronomia, e até mesmo praias em rios e la­gos transparentes com boas temperaturas. Piquin expli­ca que “Nós também esta­mos antecipando informa­ções sobre a Páscoa, Festival de chocolate, para permitir que os atacadistas para pre­parar a sua oferta no tempo e tirar proveito de todas as vantagens que hoje a econo­mia Argentina oferece aos turistas internacionais”.

Comentários