RAFAEL ALVES/COMERCIAL FC

As baixas no elenco co­mercialino seguem sendo uma rotina nas últimas sema­nas. O zagueiro Caio Talarico, que disputou a Série A3 pelo Alvinegro, retornou ao seu clube de origem, o Grêmio Osasco. A movimentação, in­clusive, já aparece no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF de segunda-feira.

Pelo Leão do Norte, o jovem defensor de 23 anos disputou sete partidas, sen­do seis como titular. Ele não marcou gols. Caio foi mais um jogador a deixar o Co­mercial após a Série A3.

A debandada do Leão do Norte tem explicação. O clube ainda não sabe se vai disputar a Copa Paulista no segundo semestre. Em grave crise financeira, a diretoria comercialina cogita não par­ticipar da competição para poder ter mais dinheiro em caixa para montar uma equi­pe competitiva no Campeo­nato Paulista de 2022.

Pensando nisso, o clube, inclusive, renovou contrato com alguns jogadores que fo­ram importantes no estadual deste ano. O meio-campista Guilherme Pitbull estendeu seu vínculo e deve ser em­prestado para alguma equipe nas próximas semanas.

Luã Niger e Victor Hugo estão no mesmo caminho. Ambos possuem contratos mais extensos com o Comer­cial e vão defender outras equipes. Niger vai para a Ma­tonense jogar a “Bezinha” e Vitinho para o Artsul, do Rio de Janeiro, atuar na segunda divisão estadual.

A diretoria alvinegra tam­bém negocia o empréstimo de alguns jovens do elenco para outras equipes. Por con­ta da idade, a tendência é que esses atletas sejam repassados para equipes que também vão disputar a Segunda Divi­são Paulista.

Segundo José Louren­ço, diretor de futebol do Comercial, o clube só vai pensar em disputar ou não a Copa Paulista depois de fazer todos os acertos finan­ceiros com os atletas que atuaram na A3.