Jornal Tribuna Ribeirão

Câmara aprova CEE da Coderp

ALFREDO RISK/ARQUIVO

A Câmara de Vereadores criou na quinta-feira, 14 de outubro, uma Comissão Es­pecial de Estudos para ana­lisar a situação financeira da Companhia de Desenvolvi­mento Econômico de Ribei­rão Preto (Coderp). A pro­posta partiu de André Rodini (Novo), que será o presidente da CEE. Sérgio Zerbinato (PSB) será o vice e Renato Zucoloto (PP), o relator.

A constituição da comissão com a nomeação de seus inte­grantes ainda será publicada no Diário Oficial do Municí­pio (DOM). Segundo Rodini, a Coderp tem apresentado pro­blemas já há algum e é preciso investigar sua situação finan­ceira. O parlamentar acredita que os balanços financeiros da companhia demonstram que não tem sentido de a empresa continuar existindo.

Porém, a comissão dará uma resposta definitiva e em­basada sobre o assunto após analisar números e ouvir os diretores da companhia. Da­dos divulgados por Rodini apontam inadimplência. De acordo com as informações, em 2015 o prejuízo foi de R$ 10,3 milhões, em 2016 de R$ 34,6 milhões, em 2017 de R$ 27,6 milhões, em 2018 de R$ 5,3 milhões, em 2019 de R$ 8,2 milhões e em 2020 o prejuízo teria atingido R$ 21 milhões.

A Coderp é uma empre­sa de economia mista, e a principal acionista é a pre­feitura de Ribeirão Preto. A empresa foi criada em 1972, na gestão do prefeito Antô­nio Duarte Nogueira, o pai, e operacionaliza sistemas de informação, tecnologia de comunicação e soluções para o município. É responsável pelos serviços de internet de toda a administração muni­cipal (direta e indireta) e da Câmara de Vereadores.

Deixe o seu comentário:

Mais notícias

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com