Camila Coelho divulga vídeo inédito sobre epilepsia: ‘guardei isso por anos’

0
35
Por Redação

Camila Coelho usou as redes sociais  para dar detalhes sobre seu diagnóstico de epilepsia. A influenciadora digital disse que foi diagnosticada aos nove anos de idade, porém, só aceitou a condição há seis meses, quando completou 32.

“Lutei e rejeitei a mim mesma no passado, não tinha um sentimento de pertencimento. Apenas minha família, meus amigos e aqueles que trabalham comigo sabiam dessa condição. Tomar a decisão de compartilhá-la com o mundo foi assustador. Ainda existe um estigma sobre isso”, desabafou.

Camila Coelho gravou um vídeo de quase 20 minutos explicando sobre as condições de saúde dela e como sofreu na adolescência e juventude. “Eu não podia consumir álcool. ‘Você tem problema? Você tem medo?’. Todas essas palavras, quando você é insegura, podem te machucar. O mais engraçado era que eu nem queria beber, mas queria provar para eles que eu era igual a eles. Isso me fazia sentir insegura a ponto de querer parar de tomar meus remédios. Chegou a um ponto que eu me perguntava: ‘Por que eu?’. Foi durante esses anos que eu perdi minha luz”, disse.

Ela compartilhou sobre sua atual condição e deu conselhos para os internautas que lutam para conseguir melhor qualidade de vida diante da epilepsia. “Nunca pensei que seria tão profundamente aberta sobre minha vida pessoal. Se você assiste meus stories, sabe que compartilho mais a fundo coisas pessoais, e desafios que tenho, incluindo epilepsia. Mas compartilhar todos os detalhes sobre o que me tornou mais vulnerável ao longo dos anos, em um vídeo, é um pouco assustador. Minha esperança é que compartilhando minha história, minhas lutas e desafios, eu possa ajudar aqueles que estão lutando agora, especialmente com aceitação própria e amando a si mesmos!”, conclui.

Comentários