Assim como aconteceu nes­ta temporada, o Corinthians vai estrear em 2018 na Florida Cup e enfrentará o PSV, da Holanda, no dia 10 de janeiro, nos Estados Unidos. O técnico Fábio Carille acredita que sua trajetória pro­fissional lembra a do treinador do clube holandês, o ex-jogador Phillip Cocu. Ambos estão no comando de um clube profissio­nal pela primeira vez na carreira.

“Eu sempre falei nas minhas entrevistas que sei que é difícil ficar muito tempo no mesmo clube, até por uma questão cul­tural que existe no Brasil, mas eu sonho sim em me tornar um dos primeiros a ficar por muitos anos em um clube, aqui no Corin­thians. É muito difícil, sim, nosso futebol é bastante em cima de resultado, mas acho que as coisas já estão mudando um pouco, e eu projeto isso. A minha história se parece um pouco com a dele (Cocu), né? O PSV é o primeiro clube dele como técnico, e já ga­nhou vários títulos importantes. Espero ter o mesmo sucesso que ele e dar sequência a este traba­lho por aqui”, disse o comandan­te corintiano.

Cocu está no cargo desde 2013 e já conquistou duas ve­zes o Campeonato Holandês e uma Copa da Holanda. Já Ca­rille assumiu o comando do Corinthians neste ano e ganhou um Brasileirão e o Paulistão. A partida será mais uma oportuni­dade para o treinador enfrentar uma escola diferente de tática e um adversário com experiência em disputa de grandes torneios na Europa.

“É sempre muito bom en­frentar adversários que você está acostumado, conhecer novas ideias, ver como essas equipes se portam. Em outras edições, en­frentamos o Bayer Leverkusen e o Shakhtar Donetsk. São grande times, acostumados a jogar a liga dos Campeões da Europa”, disse.
O elenco do Corinthians está em férias e retorna no dia aos treinamentos no dia três de ja­neiro. Dias depois embarca para a Florida Cup.

Comentários