Jornal Tribuna Ribeirão
Cultura

Casa de Portinari – Museu promove as ‘Oficinas Andantes’

A agenda do fim de se­mana do Museu Casa de Portinari – instituição da Secretaria da Cultura e Eco­nomia Criativa do Estado de São Paulo, gerida pela Acam Portinari – está repleta de ati­vidades culturais para toda a família, quje terão início neste domingo, 12 de setem­bro. Amanhã haverá diversas ações ao longo do dia.

Às nove horas, o Domingo com Arte Virtual vai exibir, pelas mídias sociais, o traba­lho da artista Glauce Poloni. Já às dez horas, o Ateliê Por­tinari mostrará um novo con­teúdo: Técnicas sobre Papel, ministrada pela artista plástica Anne Frenhi, que apresentará métodos de aquarela, pelo site do equipamento. Em come­moração ao Dia da Pintura ao Ar Livre, terá, inclusive, as Oficinas Andantes.

Através dos stories do Ins­tagram do Museu Casa de Por­tinari, às 17 horas, será possí­vel acompanhar a atividade. A ação faz parte do Projeto Árvores, planejado pelo artista plástico Jonathas Levy Miguel, que propõe intervenções artís­ticas de arte urbana em diver­sos bairros de Brodowski.

A segunda-feira (13) fi­cará por conta da Feira de Artesanato online. São peças produzidas por artesãos de Brodowski. Uma oportuni­dade para adquirir os aces­sórios confeccionados por artistas da cidade e da região. Será às dez horas, pelas mí­dias sociais.

Vale lembrar que o mu­seu está aberto para visitação presencial de terça-feira a do­mingo, das nove às 18 horas, e às quartas-feiras até às 20 horas, com 80% de ocupa­ção. A medida acontece pela inserção do Estado em nova fase do Plano São Paulo, que possibilita o retorno seguro e gradativo das atividades presenciais, seguindo todos os protocolos de segurança sanitária para seus funcioná­rios e visitantes.

Como forma de continu­ar a disseminar a cultura, as ações educativas da institui­ção e também o tour virtual permanecem de forma onli­ne pelas mídias sociais e site (@museucasadeportinari e www.museucasadeportinari.org.br). o museu fica na pra­ça Candido Portinari nº 298, Centro de Brodowski. O te­lefone para informações é o (16) 3664-4284.

Candido Portinari
Filho de imigrantes italia­nos nascido em Brodowski, em 30 de dezembro de 1903, Candido Portinari mani­festou sua vocação artística desde criança. Ao longo de sua carreira, pintou mais de cinco mil obras, entre elas os painéis “Guerra e Paz”, ofere­cidos pelo governo brasileiro à sede da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York, Estados Unidos.

Morreu em 6 de fevereiro de 1962, aos 58 anos, vítima de intoxicação pelas tintas que utilizava. Criou desde pequenos esboços até gran­des obras, murais e painéis. O artista foi o pintor brasileiro que conseguiu maior pro­jeção internacional devido ao seu talento artístico e sua atuação no cenário cultural e político do Brasil.

Mais notícias

‘Transgredir’ é o tema de contação de história

Redação 1

Sinfônica executa obras de Piazzolla

Redação 1

Último Pouso: TV Cultura estreia série original sobre história da aviação brasileira

Redação 1

Heinz Mack faz do ouro um manifesto

Redação 1

Sabrina Sato vai apresentar novo game show na Record

Redação 1

Festival Varilux será presencial

Redação 1
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com