CasaCor terá shows durante ‘happy hour’

0
43
THAINA ROSSATI

Unindo boa música em um ambiente inspirador, a CasaCor Ribeirão Preto inicia nesta sex­ta-feira, 16 de agosto, o projeto Beblues, que contará semanal­mente com apresentações mu­sicais de diferentes artistas da cidade e da região para embalar o clima de happy hour. Os shows acontecem das 19 às 21 horas no ambiente Praça dos Encontros – assinado pela arquiteta e pai­sagista Andrea Esteves –, na área externa dentro da mostra.

Iniciando a programação, o músico ribeirão-pretano Denis Monteiro apresenta um show em formato acústico com hits que vão desde do folk até o novo e o velho rock ‘n roll. No repertó­rio, o cantor investe em músicas de bandas consagradas como The Beatles, Pink Floyd, Que­en, Metallica, Pearl Jam, Dave Mathews, Arctic Monkeys, The Strokes, entre outros.

O público presente tam­bém poderá apreciar as opções gastronômicas e a variedade de bebidas e drinks que compõe os cardápios do Bar CasaCor – com operação da Cachaçaria Se­bastiana –, do Restaurante Casa­Cor Arauco Melamina, assinado pelo chef Leonardo Aguiar, e do Café Oficcina PortoBello – co­mandado pelo Abraçaço Café.

Os ingressos especiais que permitem acesso apenas à área externa da casa custam R$ 15 e são válidos partir das 19 horas em todos os dias da mostra. Já quem quiser visitar a CasaCor paga entre R$ 23 (meia-entrada) e R$ 46 (inteira). Com a partici­pação de mais de 60 profissio­nais, a segunda edição do even­to teve início em 7 de agosto e permanecerá em cartaz até 22 de setembro em um imóvel na avenida Carlos Consoni nº 60, Jardim Canadá, Zona Sul.

O evento é referência em projetos que trazem as principais tendências do setor aliadas à tec­nologia e muito contato com a natureza. No total, 41 ambientes trazem o tema central da mos­tra: “Planeta Casa”. Em uma área de 2.700 metros quadrados, os projetos de quartos, lofts, cozi­nhas, banheiros e áreas comuns trazem diferentes linhas criativas para todos os perfis de consumi­dores, com proposta de refúgios particulares acolhedores usando diversos materiais que apesar de distintos, se completam.

Sem limites entre interior e exterior, a mostra traz grandes ambientes abertos, portas de vidros, varandas amplas e re­cursos que possibilitam maior contato com o verde e elemen­tos da natureza. A mostra traz tudo isso aliando processos construtivos inteligentes, ino­vadores e sustentáveis como, por exemplo, o uso de placas para a produção de energia so­lar, lâmpadas com baixo consu­mo de energia, entre outros.

Comentários