22 C
Ribeirão Preto
7 de julho de 2022 | 13:30
Jornal Tribuna Ribeirão
FOTO: ALFREDO RISK

Cavalos soltos em viade RP

O repórter fotográfico Alfre­do Risk flagrou na manhã desta quinta-feira, 19 de maio, vários cavalos soltos e perambulan­do pela avenida Luiz Augusto Gomes de Matos, no Jardim Jóquei Clube, na Zona Norte de Ribeirão Preto. Segundo o fotógrafo, havia pelo menos 17 equinos soltos em duas “mana­das”, de oito e nove animais.

Questionada sobre o assun­to, a Divisão de Bem-Estar Ani­mal (DBEA), ligada à Secretaria Municipal do Meio Ambiente, afirmou que realiza campanhas de conscientização sobre a pos­se responsável, através dos ca­nais oficiais e nas redes sociais. Ressalta que, em breve, mate­rial impresso será entregue aos guardiões desses animais.

De acordo com lei que dis­põe sobre a guarda responsável e o bem-estar dos animais de mé­dio e grande porte, o guardião flagrado desobedecendo ou des­cumprindo os deveres e obriga­ções estabelecidos na legislação recebe autuação de doze Uni­dades Fiscais do Estado de São Paulo.
Neste ano, cada Ufesp vale R$ 31,97 o que corres­ponde à multa de R$ 383,64. Já a taxa de apreensão é de R$ 12,24 e a diária, de R$ 2,69.

O recolhimento dos ani­mais de médio e grande por­te é feito pela empresa Israel Alexander Presotto, contrata­da pela prefeitura de Ribeirão Preto. De acordo com o con­trato, após o recolhimento, a empresa avalia o seu estado de saúde, faz a microchipagem, além de verificar a proprieda­de e destinação adequada nos casos em que os proprietários não fizerem o resgate.

Segundo a prefeitura de Ri­beirão Preto, o prazo para a reti­rada do animal é de até 30 dias e depois desse período ele fica dis­ponível para adoção, mediante requisitos para tal, como a comprovação de imóvel rural para destino do adotado.

Mais notícias

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
AllEscort