Chuva provoca estragos em RP

0
72
ALFREDO RISK

Na tarde deste domingo, 18 de outubro, 21 unidades do Departamento de Água e Esgotos de Ribeirão Preto (Daerp) foram afetadas por falta de energia elétrica for­necida pela CPFL Paulista. O abastecimento foi suspenso após a forte chuva que atingiu a cidade, com rajadas de vento de até 60 quilômetros por hora.

Além da forte ventania, choveu granizo em bairros das zonas Oeste e Norte, como Ipiranga, Jardim Piratininga, Cristo Redentor, José Sampaio e Planalto Verde. O temporal, com volume de onze milíme­tros, não durou uma hora, mas derrubou ao menos dez árvores em diferentes pontos a cidade, segundo o Corpo de Bombei­ros. Não há registros de feri­dos. Cabos de energia elétricas também foram derrubados.

No Jamil Cury, entre as ruas Georges Guebala e Pedro Freitas Alves, a forte chuva abriu uma rachadura no asfalto. Imagens de uma câmera de segurança registraram a água vazando do subsolo e empurrando a camada de pavimentação para cima.

Questionada, a prefeitura in­formou, por meio do Daerp, que houve o rompimento de uma adutora no local. No entanto, o reparo desta foi concluído nesta segunda-feira (19), por volta das 12 horas. Além disso, o reparo no asfalto ainda estava sendo realizado ontem. A autarquia comunicou também que a repo­sição asfáltica está prevista para esta terça-feira (20).

Foram desligados tempora­riamente e já religados o poço e a estação elevatória de água Pompolo Antena, poço Jamil Seme Cury, poço Avelino Pal­ma, poço e estação elevatória de água Alexandre Balbo, poço Parque das Oliveiras e poço e estação elevatória de água Pom­polo Engenho.

Também estão na lista, poço e estação elevatória de água Du­tra ll, poço e estação elevatória de água Quintino II, poço e estação elevatória de água Vila Augusta, poço Vila Tibério, poço Cianê II, poço Parque dos Pinus e estação elevatória Alphaville.

As equipes do Daerp traba­lharam para restabelecer siste­ma de abastecimento na tarde deste domingo. As 21 unida­des ficaram desligadas à tarde, provocando intermitências em várias regiões da cidade. De­zenove equipamentos foram religados no mesmo dia, mas à noite ainda estavam desliga­dos o poço do bairro Jardim Arlindo Laguna, que voltou a funcionar no início da tarde desta segunda-feira, e a esta­ção elevatória Kaiser, no Cen­tro Velho.

Nestes locais, o rompimen­to de duas adutoras afetaram o abastecimento em doze bairros da cidade. Por meio de nota, a autarquia informa que na aveni­da Fábio Barreto, durante traba­lhos da CPFL Paulista para mu­dança de lugar de postes, uma adutora foi atingida e ocasionou vazamento de água.

Por conta do problema, moradores dos bairros Cam­pos Elíseos e do Centro foram afetados, já que o sistema foi desligado até o término dos re­paros pelas equipes do Daerp. Outro rompimento na tarde de ontem ocorreu tarde foi re­latado na rua Georges Vanni Guebala, no Arlindo Laguna. A autarquia não soube precisar o motivo da interrupção, mas há duas hipóteses: utilização da água ou alta pressão.

Segundo o Daerp, as inter­mitências no abastecimento foram percebidas nos bairros Arlindo Laguna, Jamil Seme Cury, Jardim Paiva, Paulo Go­mes Romeo, Jardim Mario Pai­va Arantes, Lacerda Chaves, Liliane Tenuto Rossi, Portal do Alto, Wilson Tony e parte do Planalto Verde.

No início da noite desta se­gunda-feira (19) voltou a cho­ver e a ventar forte em Ribeirão Preto. Porém, os estragos foram menores. Houve alagamento em pontos isolados, como na alça de acesso da Via Norte com o início da rua São Francisco, rota usada para quem segue em dire­ção ao Ipiranga e outros bairros da Zona Norte. O tempo fechou por volta das 17 horas, com nu­vens carregadas em todas as re­giões da cidade.

Comentários