Duas chuvas de meteoro foram vistas nos últimos dias. Se você perdeu o fenômeno, não há motivo para se chatear; nem para se assustar. Segundo a American Meteor Society, uma organização científica que apoia as atividades astronômicas, duas “constelações” de meteoros estão em atividade máxima e devem brilhar nos céus muito em breve novamente.

Meteoros são rochas espaciais que brilham – pegam fogo – a partir do calor gerado quando passam pela atmosfera da Terra.

A primeira “chuva”, identificada como Delta Sul Aquariids – esta sem bolas de fogo – vai ser vista melhor por aqueles que vivem no hemisfério Sul do planeta, e permanecerá ativa até 23 de agosto. Para quem tiver a sorte de avistar a chuva de meteoros no céu depois da meia noite, será possível testemunhar entre 10 e 20 meteoros “caindo” por hora.

A outra “constelação”, a Alpha Capricornids, ficará ativa até o dia 15 de agosto. Esta chuva, sim, é caracterizada pelas incríveis “bolas de fogo brilhantes”. Esta é mais interessante e poderá ser vista de qualquer ponto da Terra. Claro, você precisa contar um pouco com a sorte para identificar essas chuvas de meteoro no céu.

Outras duas grandes chuvas de meteoros ainda estão previstas para 2019. A primeira, riquíssima em bolas de fogo, estará ativa a partir do dia 10 de setembro atá 20 de novembro, mas a melhor época para avistar o fenômeno será por volta dos dias 9 e 10 de outubro. A segunda chuva, dos Orionids, estará ativa de 2 a 7 de novembro, com pico entre os dias 21 e 22 de outubro.

Via: Cnet

Comentários