Circo Vostok pede doações em RP

0
38
ALFREDO RISK

O Circo Vostok, que está instalado na rotatória que liga as avenidas Caramuru e Professor João Fiúsa, no Alto da Boa Vista, na Zona Sul de Ribeirão Preto, está pedindo doações após ter de encerrar as apresentações devido à pandemia do novo coronaví­rus. De acordo com as reco­mendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), é necessário evitar a aglomera­ção de pessoas.

Por isso, o prefeito Duarte Nogueira Júnior (PSDB) de­cretou estado de calamidade pública e proibiu eventos pú­blicos e privados na cidade até 26 de abril. O circo realizou sua última apresentação no dia 15 de março. Desde então, o dire­tor da companhia, Fernando Fischer, diz que tem sido difí­cil a manutenção da equipe de artistas e funcionários sem ter a receita dos espetáculos.

“Como nós encerramos as atividades, estamos sem recei­ta e isso dificulta a manuten­ção dos artistas e funcionários. Estamos pedindo alimentos não perecíveis, materiais de higiene e ração para os nos­sos cachorrinhos”, diz Fischer. Ao todo, são 38 pessoas que estão envolvidas com o fun­cionamento do circo. Entre as famílias que fazem parte da companhia, há três crianças e dois bebês de colo.

Também há animais de estimação, como alguns ca­chorros que não fazem parte dos shows. O grupo ainda está instalado em um terreno par­ticular que foi cedido pelo pro­prietário em meio à situação que ocorre em todo o mundo. “Continuo em um terreno particular, onde estávamos montados. O proprietário do local, gentilmente, cedeu para que usássemos neste período”, explica Ficsher.

“Nós temos as famílias e moradias aqui, além de água e luz ligada, que corre por conta da companhia”, ressalta o dire­tor do circo. Para quem puder realizar as doações de alimen­tos não perecíveis, materiais de higiene e ração para os ani­mais, basta ir até o circo e fazer a entrega dos produtos. Para mais informações, o telefone de contato é (48) 99963-4803.