O sistema de estaciona­mento rotativo já está valendo na avenida Dom Pedro I, entre as ruas Pará e Japurá, no Ipi­ranga. Agora, quem quiser es­tacionar neste trecho da prin­cipal via de ligação com a Zona Norte de Ribeirão Preto tem de pagar até R$ 4,50 – o cartão amarelo, válido por uma hora, custa R$ 1,50, e o verde, que li­bera a vaga por 120 minutos, é vendido por R$ 3, mas o tem­po máximo de permanência é de três horas.

A implantação da Área Azul na avenida Dom Pedro I era uma antiga reivindicação dos lojistas. Com o estaciona­mento rotativo, a expectativa é de atrair mais clientes. No entanto, os trabalhadores não ficaram satisfeitos. Eles não podem mais deixar os veículos em frente ao local do emprego. Nesta sexta-feira, 1º de setem­bro, primeiro dia de cobran­ça, a Empresa de Trânsito e Transporte Urbano (Transerp) terminou de instalar 60 placas com preços e horários e mais 30 que indicam os pontos de ven­da dos bilhetes.

A avenida ganhou 202 va­gas. Até dia 17, haverá diver­sas ações de orientação por parte da companhia, como a distribuição de folhetos e a notificação dos veículos que estacionarem nos espaços destinados ao estacionamento rotativo. Já a partir do dia 18, os veículos considerados em situação irregular nas vagas rotativas estarão sujeitos a pe­nalidade, conforme o Código de Trânsito Brasileiro (lei fe­deral nº 9.503, de 23 de setem­bro de 1997), considerando infração grave, com a perda de cinco pontos na Carteira nacional e Habilitação (CNH) e multa de R$ 195,23.

O número de vagas é su­perior ao anunciado ante­riormente pela Transerp, que previa a criação de 180 espa­ços para estacionamento ro­tativo. Serão 22 a mais (12,2% acima). Conforme já ocorre desde junho na região central e na avenida da Saudade, nos Campos Elíseos, a Área Azul será cobrada na Dom Pedro I de segunda a sexta-feira, das nove ás 18 horas, e aos sába­dos, das nove às 13 horas.

Os usuários da Área Azul poderão comprar cartões de R$ 1,50 (cartão amarelo), para uma hora, ou de R$ 3 (verde), para duas horas, sendo o limite de tempo na mesma vaga são três horas de permanência. As motoci­cletas são dispensadas do pa­gamento da tarifa desde que sejam estacionadas nos locais estabelecidos por sinalização própria, desta forma, ficando proibidas de estacionarem entre os veículos.

Cerca de 30 lojistas já estão pré-cadastrados junto à Tran­serp para venderem os cartões do estacionamento rotativo na avenida Dom Pedro I. Com essa nova implantação da Área Azul, Ribeirão Preto passará a contar com 1.635 vagas distri­buídas entre a região central, avenida Saudade e agora na avenida Dom Pedro I. Atual­mente, são 1.433 – o Centro conta com 1.268 e a avenida da Saudade tem mais 165. A Prefeitura também avalia a possibilidade de levar o servi­ço para o Terminal Rodoviá­rio (Centro) e Aeroporto Leite Lopes (Jardim Aeroporto).
Estacionamento rotati­vo – A Área Azul é o meio de democratizar o espaço púbico,
permitindo que todos tenham a oportunidade de estacionar o seu veículo em locais de gran­de movimento. A implantação da Área Azul na avenida Dom Pedro será publicado no Diário Oficial do Município com o acréscimo do local ao Decreto nº 138, de 8 de maio de 2017 que especifica os locais de im­plantação do estacionamento rotativo de Ribeirão.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui