Coderp rescinde 651 ‘concessões’

0
1498

A Companhia de Desenvol­vimento Econômico de Ribei­rão Preto (Coderp) publicou na edição do Diário Oficial do Município (DOM) desta sexta­-feira, 15 de dezembro, edital de cancelamento de concessões no Cemitério Bom Pastor, com a rescisão dos contratos de 651 jazigos – a medida valerá no prazo de dez dias a contar a partir de 18 de dezembro.

Se os responsáveis não re­gularizarem os débitos, a con­cessão será cancelada, seguin­do-se a retomada do jazigo e a destinação dos restos mortais eventualmente sepultados para o ossuário geral do Cemité­rio Bom Pastor, respeitados os prazos e as disposições legais para exumações.

O Diário Oficial traz a re­lação dos responsáveis por 651 jazigos, sendo que em 604 não houve sepultamentos nos últi­mos três anos (prazo mínimo para exumação de restos mor­tais) e podem ser retomados a partir de 28 de dezembro, quando vence o prazo dado pela Coderp.

Outros 47 jazigos listados no edital podem ser retomados caso os débitos não sejam quitados, mas como ocorreram sepulta­mentos há menos de três anos, as exumações só poderão ser realizadas quando o prazo legal for atingido. A relação pode ser conferida no site da www.ribei­raopreto.sp.gov.br.

Inaugurado em junho de 1974, o Cemitério Bom Pastor conta hoje com uma área total de 144.670 mil metros quadrados, 11.233 túmulos e 54.062 pessoas sepultadas, segundo informa o site da companhia. A partir de janeiro, passará a ser adminis­trado pela Secretaria Munici­pal de Obras Públicas.

Comentários