Com auxílio de Wagner Lopes, Botafogo inicia processo de reformulação para 2020

0
94
LUIZ COSENZO/AGÊNCIA BOTAFOGO

O processo de reformula­ção do Botafogo para a tempo­rada 2020 já está em andamen­to. Dos 22 jogadores que estão em fim de contrato ou encer­ramento de empréstimo, nove deles já acertaram rescisão e não jogam mais pelo clube.

Tiago Cardoso, Naylhor, Marlon Freitas, Erick Luiz, Felipe Saraiva, Bruno Moraes, Rafael Costa, Lucas Mendes e Plínio estão de saída do Pan­tera. Lucas Mendes e Plínio, inclusive, publicaram em suas redes sociais mensagens de agradecimento ao Tricolor.

Entretanto, com a chega­da de Wagner Lopes, a situ­ação de Lucas Mendes pode mudar. O lateral-direito, que fez parte da campanha do acesso à Série B em 2018 e foi bastante utilizado em 2019, interessa ao novo comandan­te, que solicitou a renovação com o jogador. Mendes tem negociação em andamento com a Ferroviária.

Outros que também devem deixar o Botafogo em breve são o goleiro João Vitor, o zagueiro Leandro Amaro, os laterais Le­onan e Pará e os atacantes Gus­tavo Schutz e Henan, todos em final de contrato.

Além deles, Luiz Otávio, Lucas, Vinicius Freitas, Higor Meritão, Júlio César e Diego Gonçalves tem seus emprés­timos chegando ao fim e de­vem retornar às suas respec­tivas equipes.

Anunciado no último fi­nal de semana, Wagner Lopes já está em Ribeirão e Preto e trabalha com a diretoria na formatação do novo elenco. Além de Lucas Mendes, Lo­pes tem interesse na perma­nência do volante Pablo e do meio-campista Nadson.

Apenas sete jogadores têm contrato vigente para a próxi­ma temporada. O goleiro Dar­ley, o zagueiro Didi, os volan­tes Jonata Machado e Willian Oliveira, o meia Murilo e os atacantes Dodô e Ronald.

Comentários