Cuidar bem da saúde podemos dizer com convicção, que é um dever que qualquer pessoa tem consigo mesma. E mais: podemos afirmar que é uma obrigação. Isto porque as vantagens que a pessoa que cuida bem da saúde consegue são altamente compensadoras. Cuidar bem da saúde evita um grande número de doenças que são transtornos, incômodos que atrapalham muito a vida das pessoas e sem contar que algumas doenças podem levar a um sofrimento muito grande ou até evoluir para uma doença crônica ou a morte.

Em outros casos podem levar à incapacitação para o trabalho tempo­rário ou até definitivo. Em muitos casos a pessoa que consegue colocar em prática essas medidas que estão sendo recomendadas aqui no Tribuna às sextas-feiras, têm perfeitas condições não só de evitar as doenças como tam­bém de bloquear a evolução de algumas já instaladas no corpo humano.

Como já focamos nas três matérias anteriores sobre os cuidados para se evitar os transtornos mentais, as medidas gerais para aumentar a longevi­dade e os cuidados com o que comer, vamos comentar um componente de grande importância nos cuidados com a saúde, que é a prática de qualquer atividade física. Esse importante componente na manutenção da saúde já vem desde os primórdios da medicina que se baseava na observação atenta da vida das pessoas por parte dos primeiros médicos que dispunham tão somente da intuição e da observação do funcionamento do corpo humano.

Existe um postulado estabelecido desde os primórdios da medicina que afirma “Mens sana in corpore sano”, que pode ser traduzido aproxima­damente como “Uma mentalidade sadia num corpo são”. Essa premissa é de grande importância, pois associa a relação íntima entre o que ocorre na mente da pessoa com o seu corpo.

A atividade física constitui parte integrante dos demais componentes a que o postulado se refere: a inter-relação corpo-mente. Na natureza todos os animais estão em constante movimentação o que quer dizer que estão todos exercendo uma atividade física. No caso específico do ser humano a ativida­de física se reveste de fundamental importância para o bom funcionamento do corpo humano como um todo e mais precisamente do coração, pulmões, cérebro e sistema ósseo-articular, quer dizer das juntas como joelhos, torno­zelos, pés, ombros, braços, pernas e coluna.

Esses componentes do corpo humano são altamente beneficiados com a prática de qualquer atividade física. A pessoa que pratica uma atividade física qualquer evita um grande número de doenças nos diversos órgãos e sistemas do corpo. Para o sistema circulatório compreendendo também o coração e cérebro, contribui para o aumento do HDL, que é considerado o colesterol bom e que está intimamente associado à atividade física levando ao aumento desse componente.

A prática física contribui ainda para diminuir outras frações do coles­terol que acima de determinados níveis são extremamente prejudiciais ao organismo. A atividade física exerce também importante fator de melhora na função pulmonar levando a uma respiração de melhor qualidade. Como sempre vamos continuar respondendo às perguntas dos nossos leitores.

01. Estou com peso acima do normal, é verdade que a atividade física faz perder peso?
É verdade sim. A prática de uma atividade física contribui sim para perder peso, mas deve ser feita juntamente com um tratamento médico com essa finalidade. Então, uma consulta com um médico nutrólogo que é o médico especializado em nutrição e está capacitado para fazer o tratamento para a perda de peso e que consiste numa dieta alimentar junto com a ativi­dade física. Aí sim, a pessoa vai certamente perder peso. Ressalto aqui que a atividade física significa cuidar bem da saúde e todos as pessoas precisam mesmo exercer uma atividade física qualquer.

Entre as diversas modalidades, a caminhada é uma das melhores e mais simples e pode ser feita por qualquer pessoa. Eu próprio a pratico e reco­mendo sempre para a minha família, meus pacientes e meus amigos. Ela pode ser iniciada com 15 minutos diários por uma semana, depois aumenta para 30 minutos por duas semanas e em seguida aumenta para até uma hora não necessitando mais do que esse tempo. Quem tem condições financeiras uma academia é recomendável.
(Continua na próxima semana).