Alfredo Risk

A Empresa de Trânsito e Transporte Urbano de Ribeirão Preto (Transerp) publicou, em 21 de dezembro, no Diário Oficial do Município (DOM), edital de abertura de concurso público para a contratação de 15 novos agentes civis, agora chamados de “amarelinhos” – a cor do uniforme, que antes era marrom, mudou em agosto –, e também para o preenchimento de 15 vagas das áreas operacional e administrativa. As inscrições terão início nesta segunda-feira, 14 de janeiro, e vão até 15 de fevereiro.

Atualmente a cidade possui 31 fiscais de trânsito que recebem salário líquido de R$ 3.617,00. Serão contratados profissionais com formação em todos os níveis, do ensino fundamental ao médio e até o superior. A seleção ficará sob a responsabilidade da Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (Vunesp) e as inscrições deverão ser feitas somente pela internet, no site www.vunesp.com.br, com prazo para encerramento até às 23h59 de 15 de fevereiro.

Os salários-base variam de R$ 1.982,17 – mais R$ 1,06 mil de vale-alimentação, totalizando R$ 3.042,17 – para os agentes de trânsito, com carga horária de 44 horas semanais, a
Pra contador, R$ 6.048,02 – mais R$ 1,06 mil de tíquete-refeição, total de R$ 7.108,02 – também com jornada semanal de 44 horas. As taxas de inscrição são de R$ 44,50 para as vagas que exigem apenas o ensino fundamental, de R$ 56,50 para o médio e de R$ 95 para cargos que necessitem de curso superior.

As provas objetivas serão aplicadas, em Ribeirão Preto, no dia 7 de abril de 2019, ficando esta data subordinada à disponibilidade de locais adequados à realização dos testes. Os agentes de trânsito ainda terão de passar por exames de aptidão física. Não haverá segunda chamada para as provas, devendo ser eliminado do concurso Público o candidato ausente por qualquer motivo. Se, por qualquer motivo, o nome do concorrente não constar do edital de convocação, ele deverá ligar para o Disque Vunesp, pelo telefone (11) 3874-6300, em dias úteis, das oito às 18 horas.

O edital completo está no Diário Oficial do Município, publicado no portal oficial da prefeitura (www.ribeiraopreto.sp.gov.br). Em agosto, o prefeito Duarte Nogueira Júnior (PSDB) já havia anunciado a ampliação do quadro de funcionários da Transerp, durante a entrega de duas novas viaturas. Na ocasião também foi apresentado o novo uniforme dos agentes civis de trânsito de Ribeirão Preto. O último concurso para contratação de “marronzinhos” – agora, “amarelinhos” – foi realizado em 2007, no governo de Welson Gasparini (PSDB).

Número é insuficiente
Segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), o número de agentes de trânsito em Ribeirão Preto é muito inferior ao índice preconizado pelo órgão, de um agente para cada dois mil veículos. Como a cidade tem uma frota de 538 mil unidades – motos e carros – e 31fiscais, a média no município é de um profissional para cada 17,3 mil veículos. Para atingir o percentual recomendado seriam necessários 251 servidores.