Corinthians prolonga contrato com banco, mas espaço máster na camisa fica vago

0
22
RODRIGO COCA / AG.CORINTHIANS

O Corinthians e o Ban­co BMG anunciaram, nesta sexta-feira, o prolongamen­to do contrato de patrocínio até 2026, mas em um novo formato. A parceria, que teve início em 2019, não terá mais a marca do banco no espaço de patrocinador master nas camisas do time masculino e feminino de futebol, passan­do a estampar a omoplata dos jogadores. Com isso, o clube deve ir atrás de um novo par­ceiro para ser o principal pa­trocinador.

“A parceria entre Corin­thians e BMG chega a uma nova etapa confirmando a ma­turidade desse acordo, que é muito importante e bem-vin­do para as duas partes. Nessa renovação, banco e clube evo­luem para fortalecer tanto a presença do BMG no mercado quanto a competitividade do Corinthians no campo”, disse Duilio Monteiro Alves, presi­dente do Corinthians.

“Com o acordo, focamos em trazer vantagens inéditas e exclusivas para os torcedo­res do time e que são nossos correntistas, em vez de prio­rizar apenas a visibilidade da marca. As negociações foram frutíferas e estamos mui­to contentes em reafirmar a nossa parceria com o Corin­thians”, afirmou Ana Karina Bortoni, CEO do BMG.

No último dia 6, o Corin­thians anunciou a parceria de um ano com a Ambev, em­presa brasileira de produção de bebidas, cuja principal ati­vação será a promoção da cer­veja Brahma, como já foi feita entre os anos de 2011 e 2016.

No final de 2020, o Corin­thians teve encerrado o con­trato com a Estrella Galícia, marca espanhola de cerveja. O encerramento do vínculo fez o clube deixar de rece­ber cerca de R$ 6,2 milhões, valor apontado como sen­do o do novo compromisso com a Ambev.