Coronavírus – Região tem 1,9 mil casos e 76 mortes

0
29
RICARDO MORAES/REUTERS

Cinquenta e cinco cidades da macrorregião de Ribeirão Preto têm 1.933 pessoas in­fectadas com o novo corona­vírus, além de 76 mortes por covid-19. Já são 25 municípios com falecimentos em decor­rência da doença. A taxa de letalidade é de 3,9%. Nesta quinta-feira, 28 de maio, Or­lândia confirmou o segundo falecimento em decorrência de infecção por coronavírus.

O paciente era um homem, de 94 anos, que estava inter­nado no Hospital Beneficente Santo Antônio. Não há infor­mação se a vítima tinha do­enças pré-existentes. Já Pon­tal registrou o terceiro óbito por covid-19. Ribeirão Preto tem o maior número de mor­tes (24) e chegou a mil casos confirmados. As demais víti­mas fatais do Sars-CoV-2 são de Barretos (dez), Jaboticabal (cinco), Serrana (quatro) e Sertãozinho (quatro).

Depois aparecem Franca (três), Jardinópolis (três), Pon­tal (três), Colina (duas), Vira­douro (duas), Orlândia (duas), Barrinha (uma), Batatais (uma), Bebedouro (uma), Brodowski (uma), Cajuru (uma), Cravi­nhos (uma), Pirangi (uma), Monte Alto (uma), Igarapava (uma), Guará (uma), Pitan­gueiras (uma), Pradópolis (uma), Santo Antônio da Ale­gria (uma) e Jaborandi (uma).

Segundo o Sistema de Mo­nitoramento Inteligente (Simi­-SP) do governo de São Paulo, que acompanha 104 municí­pios com mais de 70 mil ha­bitantes, a taxa de isolamento social no estado foi de 48% na quarta-feira (27). O levanta­mento é feito em seis cidades da região. Confira. Ribeirão Preto (45%), Barretos (41%), Bebedouro (50%), Franca (45%), Jaboticabal (45%) e Sertãozinho (47%). O ideal, se­gundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), é de 70%, e o aceitável de 50%.