Dois shows agitam a tarde de domingo

0
32
FOTOS: JÚLIA RODRIGUES/ ANTONIO BRASILIANO

As artistas Aíla e Letrux es­tarão em Ribeirão Preto neste domingo, 14 de abril, para uma tarde de muita música brasilei­ra com ousadia. Os dois shows serão em sequência, a partir das 16 horas. Nascida no bair­ro da Terra Firme, na periferia de Belém (PA), Aíla é um dos principais nomes contemporâ­neos da música produzida no Brasil. Com um timbre mar­cante e intensa personalidade no palco, ganhou destaque em 2012 com o álbum “Trelêlê”.

Neste disco ela misturou a tradição popular musical do Parácom uma sonoridade mais contemporânea. Desde 2012, o lado ativista e inquieto de Aíla tomou a frente do seu trabalho, chegaram os versos afiados e certeiros. Em 2016, lançou o segundo álbum, “Em cada verso um contra-ataque”, pelo concorrido edital Natura Musical, com pegada “artivis­ta”, canções próprias e de par­ceiros, como Dona Onete.

Neste álbum, discute temas urgentes, como feminismo e questões de gênero, e investe em uma sonoridade pop, vi­brante, que flerta com as dis­torções do rock e ao mesmo tempo com os beats eletrôni­cos, reflexo também da cone­xão Belém-São Paulo, onde reside hoje. O show é nervoso, e já passou por palcos emble­máticos, como Circo Voador (RJ) e Coala Festival (SP).
Letrux – A escritora, canto­ra, compositora, poeta e atriz Letícia Novaes é um dos no­mes de maior destaque no ce­nário da música independente contemporânea, e ficou conhe­cida no país após o lançamen­to do seu primeiro disco solo – “Em noite de climão” – pelo apelido dado pelos amigos há alguns anos, “Letrux”.

O disco que impulsionou o nome de Letrux para um lugar pri­vilegiado na cena indie-pop nacional começou a ser pen­sado em 2015, em parceria com o tecla­dista Arthur Bragan­ti, espécie de “irmão de alma” da artista. Inspiradas em suas muitas musas, Letí­cia criou a persona Letrux para contar a história de uma desas­trosa saga romântica.

Passou a repercutir observações pessoais, e os anseios causados pelo grande retrocesso reacionário que vem eclipsando o planeta. Aliás, Letícia é bastante intuitiva e exercita seu lado místico, so­bretudo os estudos de astrolo­gia, habilidade que desenvolve há tempos.

Os ingressos custam R$ 20 (inteira), R$ 10 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, portador de necessidades espe­ciais, estudante e servidor da es­cola pública com comprovante) e R$ 6 (trabalhador do comér­cio de bens, serviços e turismo credenciados no Sesc e depen­dentes – credencial plena).

O show será às 16 horas de domingo (14), no Galpão de Eventos do Sesc Ribeirão Pre­to, que tem capacidade para receber 400 pessoas. Fica na unidade da rua Tibiriça nº 50, na região central de Ribeirão Preto – entre a avenida Dou­tor Francisco Junqueira e a rua Visconde do Rio Branco. Mais informações pelo tele­fone (16) 3977-4477. O even­to não é recomendado para menores de 16 anos.

Comentários