Dubai é um dos destinos mais procurados por turistas de todo o mundo. Não é por menos: o local consegue equi­librar tradição e modernida­de, oferecendo atrações para todos os públicos. Além disso, a cidade é extremamente fo­togênica e possibilita cliques incríveis, independentemente da paisagem escolhida. Está pensando em viajar para ter­ras árabes após a pandemia? O fotógrafo de moda Lineker Pires está em uma tempora­da de trabalhos em Dubai e indica os pontos turísticos mais indicados para tirar fo­tos na região, além de dicas de styling para cada local.

Dubai consegue equilibrar tradição e modernidade, oferecendo atrações para todos os públicos

“Os lugares apresentam fundos incríveis para fotogra­fia, então é possível brincar com jogos de luz e sombra, mexer no contraste e explo­rar os níveis, por exemplo, de abertura do diafragma, que permitem a entrada de luz na lente. Mas antes de tudo, aproveite bastante a estadia! As fotos são uma maneira de recordar momentos marcan­tes e não devem ser o motivo principal da viagem”, explica o profissional.

“É importante saber do­sar esses elementos para a foto não ficar estourada com a luz solar”, ressalta. Lineker também recomenda o uso de looks leves para fotogra­far. “Prefira sempre roupas fluidas e tecidos mais leves, pois o clima é bem quente, e o sol, intenso. E claro, não se esqueça do filtro solar e de al­guma proteção para a cabeça, como chapéus e lenços.”

Burj Khalifa é registrado no Guiness Book como
o maior arranha-céu já construído pelo ser humano, com 828 metros de altura e 160 andares

Burj Khalifa
É registrado no Guiness Book como o maior arranha­-céu já construído pelo ser humano, com 828 metros de altura e 160 andares. O edifí­cio faz parte de um comple­xo comercial e residencial de dois quilômetros quadrados de área chamado Down­town Burj Dubai, localizado ao lado das duas principais avenidas da cidade: a Shei­kh Zayed Road e a Financial Centre Road (antes conheci­da como Doha Street).

Para visitar o prédio, é preciso ir ao maior shopping do planeta em área constru­ída, o Dubai Mall. Mas em vez de subir, primeiro você tem que descer: a entrada da visita é pelo térreo inferior. O observatório lá no alto se chama At the Top e tem uma vista maravilhosa de Dubai. Obviamente, também é um ambiente perfeito para cli­ques sensacionais.

“Você certamente vai an­dar bastante, então capriche em um look mais street style com seu tênis favorito. Es­colha algo confortável, e, ao mesmo tempo, estiloso, para tirar fotos nos arredores do Dubai Mall e em frente ao Burj Khalifa”, indica.

Além dos prédios, da tecnologia e do luxo, os desertos dos Emirados Árabes são um dosprincipais pontos turísticos de Dubai

Desert Safari Dubai
Além dos prédios, da tec­nologia e do luxo, os desertos dos Emirados Árabes são um dos principais pontos turísti­cos de Dubai. É possível co­nhecer o local a partir de bu­ggys, quadriciclos e passeios de camelo e dromedários. As visitas podem ser feitas de dia ou à noite.

“Para clicar a foto perfeita, vá com roupas esvoaçantes e tecidos e lenços coloridos para combinar com a estética local. As composições natu­rais do deserto, como a movi­mentação das areias, a com­binação de tons terrosos com o céu sempre lindo já ajudam muito a chegar a um bom re­sultado”, aponta Lineker.

 

Madinat Jumeirah é uma mini-cidade com hotéis de cinco
estrelas e locais populares à beira-mar. Dentro do complexo,
existe um shopping no estilo dos mercados antigos, os
tradicionais souks do oriente médio, onde é possível fazer
compras, ir a bons restaurantes e até ir ao teatro.

Madinat Jumeirah
Consiste em uma mini-ci­dade com hotéis de cinco es­trelas e locais populares à bei­ra-mar. Dentro do complexo, existe um shopping no estilo dos mercados antigos, os tra­dicionais souks do oriente médio, onde é possível fazer compras, ir a bons restauran­tes e até ir ao teatro.

Através da arquitetura com um toque rústico e dos cheiros de diferentes essên­cias, os visitantes entram no clima da Arábia antiga, sem deixar o conforto e o requin­te da Dubai moderna. Para fotografias memoráveis, o horário recomendado por Lineker é o pôr-do-sol. “Um ângulo que recomendo é po­sicionar no fundo da imagem o Burj Al Arab, luxuoso hotel que é um dos cartões postais mais conhecidos da região”, comenta o especialista.

“Esse lugar é frequenta­do por muitos locais, então a gente tem que respeitar a cultura do país. É bom evitar vestidos muito curtos e in­vestir em algo mais esportivo mesmo”, aconselha.

Dubai Miracle Garden, o maior jardim de flores do
mundo

Dubai Miracle Garden
Dubai ama construções e projetos grandiosos, como você já deve ter percebido. O Dubai Miracle Garden, maior jardim de flores do mundo, é mais uma prova disso. Projetado no meio do deserto, o local possui 72 mil metros quadrados e cerca de 150 milhões de flores, que formam arcos, mosaicos, tú­neis e cascatas.

“Não é tarefa fácil fazer com que as flores fiquem im­pecáveis em um lugar onde os termômetros passam dos cinquenta graus no verão. Mas isso se torna possível graças a modernas técnicas de irrigação e reaproveita­mento da água”, acrescenta Lineker. “As esculturas são uma verdadeira obra de arte e a visita rende muitos e muitos cliques. Por ser um local ro­mântico, é perfeito para tirar fotos de casal.”

Al Bastakiya
Também conhecido como Al Fahidi, é um bairro histó­rico super famoso de Dubai. A região preserva como a cidade era antigamente em uma área residencial. Sua construção remonta à déca­da de 1890 e, no seu auge, a localidade tinha capacidade para 60 unidades habitacio­nais separadas por estreitas e sinuosas vielas.

“As casas reformadas possuem pátios interiores e ostentam elementos da cul­tura árabe.
Atualmente, o local abriga lojas, galerias de arte e acolhedoras cafete­rias”, descreve. “Por ser uma região antiga, dá para adotar um look mais safari, inclusive para integrar ao visual a mes­ma paleta de cores de tons terrosos do local. Use e abuse de botas, coturnos, shorts e conjuntos”, completa.