Eleições 2020 – Gandini vai disputar a prefeitura pelo MDB

0
93
ALFREDO RISK/ARQUIVO

O juiz aposentado João Ag­naldo Donizeti Gandini se tor­nou oficialmente o pré-candida­to do Movimento Democrático Brasileiro (MDB) à prefeitura de Ribeirão Preto nas eleições de 4 de outubro. Na sexta-feira, 20 de março, ele assinou a ficha de fi­liação à legenda depois de deixar a coordenação regional do Parti­do da Social Democracia (PSD), comandado pelo ex-ministro Gilberto Kassab.

Antes do PSD, Gandini foi filiado no Partido Humanista da Solidariedade (PHS), mas, no ano passado, a convite de Gilber­to Kassab, presidente nacional do PSD e ex-ministro da Ciência e Tecnologia do governo Michel Temer (MDB), mudou de legen­da com a missão de reorganizar informalmente a sigla na região de Ribeirão Preto, composta por cerca de 40 cidades.

O ingresso de Gandini no MDB, segundo políticos ouvi­dos pelo Tribuna, tem como meta viabilizar sua candidatu­ra a prefeito por um partido capaz de lhe garantir espaço e estrutura para não ser ape­nas figurante no pleito de 4 de outubro. O juiz aposentado já disputou duas eleições para prefeito de Ribeirão Preto – em 2012, com 15,06% dos votos válidos (45.655) e 2016, com 14,49% (ou 36.512) – e ficou em terceiro lugar em ambas. Também foi candidato a depu­tado estadual, em 2014 e 2018, mas não conseguiu se eleger.

Ao Tribuna, o juiz afirmou que a desfiliação do PSD foi feita depois de conversas com Gil­berto Kassab realizadas em tom amistoso. Entretanto, segundo ele, o PSD não irá se coligar ao MDB nas eleições deste ano. “O partido deverá seguir outro caminho”, garante. A definição do nome para vice-prefeito pelo MDB ainda dependerá de alian­ças que estão sendo viabilizadas com outros partidos.

No final de fevereiro, o jornalista José Luiz Datena também se filiou ao MDB. A articulação para que o apresen­tador do Brasil Urgente (Band TV) se filiasse ao partido foi feita pelo deputado federal e presidente nacional da legen­da, o também ribeirão-pretano Baleia Rossi, mas teve a chan­cela do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Políticos emedebistas da cidade afirmam que o in­gresso de Datena na legenda poderá influenciar a eleição para a prefeitura de Ribeirão Preto. Eles acreditam que o candidato do partido poderá se beneficiar do apoio do jor­nalista e apresentador.

Os principais fatores para isso seriam o fato de Datena ser ribeirão-pretano e ter trânsito livre junto à população da cida­de, graças ao seu passado em Ri­beirão Preto e ao programa que apresenta na Rede Bandeirantes, o Brasil Urgente. Embora seja cotado para ser vice-prefeito de Bruno Covas (PSDB) na disputa pela prefeitura da capital paulis­ta, Datena tem dito a interlocu­tores que seu foco político está nas eleições de 2022, quando pretende disputar o Senado ou o governo de São Paulo.