ALFREDO RISK

O Botafogo embarca na manhã deste sábado, às 9 ho­ras, para Campinas, onde neste domingo, às 20 horas, no está­dio Brinco de Ouro da Prin­cesa, enfrenta o Guarani, em jogo válido pela 6ª rodada do Paulistão. Com quatro pontos ganhos, o Pantera é 14º colo­cado na competição e vem de sua primeira vitória no campe­onato, por 3 a 0, contra o São Caetano, na terça-feira (5).

Em entrevista coletiva nes­ta sexta-feira (8), o técnico Léo Condé disse que poderá repetir o time que venceu o Azulão, até para que a equipe ganhe ritmo de jogo e mais conjunto. “De nada adianta trocar dois ou três jogadores a cada partida, pois nunca iremos encontrar a esca­lação ideal, e nem daremos um padrão de jogo que precisamos ter para sermos mais competiti­vos,” afirmou.

Para o treinador, o jogo con­tra o Guarani deverá ser difícil, já que o Bugre vem de uma vitó­ria sobre o Corinthians por 2 a 1, em Campinas. O outro resulta­do foi um empate, em 2 a 2, con­tra o Mirassol fora de casa. “Eles vivem uma situação semelhante à nossa, pois a equipe comanda­da pelo Osmar Loss sofreu uma grande reformulação do elenco”, avaliou Condé.

O Botafogo contratou 22 reforços para a temporada de 2019 e manteve apenas três atle­tas do elenco do acesso à Série B. Para Léo Condé, não houve tempo para que a equipe con­seguisse entrosamento, mesmo porque alguns atletas chegaram em janeiro, às vésperas do iní­cio do campeonato. “Creio que teremos um time totalmente entrosado no jogo contra o Co­rinthians,” afirmou.

Antes, o Pantera irá retor­nar a Campinas, na sexta-feira (15), para enfrentar o Red Bull, no estádio Moisés Lucarelli, o mesmo onde a equipe dirigida por Léo Condé irá fazer na tar­de deste sábado o último trei­namento para pegar o Guarani na noite de amanhã.

Comentários